sicnot

Perfil

Desporto

Jogos Olímpicos Tóquio2020 vão injetar 190.000 ME na economia japonesa

Os Jogos Olímpicos Tóquio2020 vão injetar 25 biliões de ienes (cerca de 190.000 milhões de euros) na economia japonesa, segundo uma estimativa divulgada hoje pelo Banco Central do Japão (BcJ).

Até 2020, a maior competição desportiva mundial permitirá à economia japonesa 'encaixar' anualmente cinco biliões de ienes (cerca de 38.000 milhões de euros), prevendo-se o 'pico' desta valorização em 2018, ano em que se prevê mais um por cento do produto interno bruto na economia japonesa.

Nestas contas estão incluídas as estimativas do aumento do investimento em infraestruturas desportivas, hoteleiras e de transportes, tal como o cálculo dos gastos dos turistas estrangeiros que visitarão Tóquio com o pretexto dos Jogos Olímpicos.

Segundo o BcJ, estão previstos 33 milhões de turistas estrangeiros em 2020, uma estimativa que supera em larga escala as previsões do Governo, fixadas em 20 milhões.

Este documento também prevê a criação de 700.000 empregos durante os próximos cinco anos, sobretudo nos setores do turismo e construção.

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC