sicnot

Perfil

Desporto

Retiradas telas com mensagens de contestação ao presidente do Sporting

A Câmara de Lisboa ordenou a retirada de telas com mensagens de contestação ao presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, que haviam sido colocadas em placards de publicidade já instaladas na Segunda Circular, indicou hoje o município.

Numa resposta escrita enviada à agência Lusa, a autarquia refere que "retirou quatro telas com mensagens referentes ao Sporting Clube de Portugal e ao seu presidente, colocadas sobre estruturas 'outdoor' já existentes na Segunda Circular", presumivelmente durante a noite de segunda-feira ou na madrugada de terça-feira, de forma anónima.

"Nem Champions, nem Taça, nem cérebro, nem liderança, nem poupança. As mentiras já doyen", podia ler-se nos cartazes que, acompanhados de uma foto de Bruno de Carvalho e do símbolo do clube, terminavam com a mensagem: "O Sporting está em risco. Acordem".

O Sporting foi condenado, há cerca de uma semana, a pagar 12 milhões de euros -- valor que pode ainda chegar aos 17 milhões - à Doyen Sports pelo Tribunal Arbitral do Desporto, devido à rescisão do contrato com a agência desportiva relativo ao futebolista argentino Marcos Rojo.

A Câmara de Lisboa determinou a retirada das telas por não ter sido "dado conhecimento ou solicitada autorização prévia" ao município para a sua colocação.

Lusa

  • Ministra tem condições para ficar?
    1:57
  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • O desabafo de um empresário que perdeu "uma vida inteira de trabalho" no fogo
    2:08
  • Os testemunhos emocionados de quem perdeu quase tudo nos fogos
    2:10
  • A primeira moção de censura ao fim de quase dois anos
    1:42

    País

    O CDS-PP avançou com uma moção de censura ao Governo, perante o que chama de falha do Governo na proteção das pessoas. O PSD apoia a iniciativa. António Costa fala num ato natural da democracia. Esta é a primeira moção de censura que o Governo socialista enfrenta ao fim de quase dois anos de mandato.

  • "Agora é tempo de decidir e executar"
    1:27

    País

    O primeiro-ministro reuniu-se esta terça-feira com os autarcas das zonas mais afetadas pelos incêndios e visitou os feridos, que continuam internados no Hospital de Coimbra. António Costa diz que o tempo das respostas começa agora.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.