sicnot

Perfil

Desporto

Elisabete Jacinto mantém terceiro lugar na Africa Eco Race

A piloto portuguesa Elisabete Jacinto manteve esta terça-feira o terceiro lugar da classificação geral na categoria de camiões, no final da sétima etapa da Africa Eco Race, na qual Ricardo Leal dos Santos se atrasou.

Com este resultado, a portuguesa manteve o terceiro posto dos camiões e o 15.º da geral. (Arquivo)

Com este resultado, a portuguesa manteve o terceiro posto dos camiões e o 15.º da geral. (Arquivo)

SIC

Elisabete Jacinto (MAN) cumpriu os 414 quilómetros do setor seletivo, constituídos por pistas de areia e dunas, entre Chami e Amodjar, na Mauritânia, em 05:52.45 horas, terminando a etapa no quinto posto entre os camiões e o 21.º lugar da classificação conjunta auto/camião.

Com este resultado, a portuguesa manteve o terceiro posto dos camiões e o 15.º da geral, a 4:05.37 horas do cazaque Kanat Shagirov (Toyota) e a 3:01.30 do primeiro entre os camiões, o russo Anton Shibalov (Kamaz).

Ricardo Leal dos Santos (Nissan), que na segunda-feira tinha subido à 20.ª posição da classificação geral da oitava edição da Africa Eco Race, atrasou-se e ainda só tinha passado pelo segundo posto de controlo.

Nas motos, os portugueses José Fernando Sousa e José Fernando Sousa Jr., ambos em KTM, terminaram hoje a etapa nos 10.º e nono lugares, a 41.21 minutos e 49.22, respetivamente, do vencedor da tirada, o britânico Andrew Newland (KTM).

Na geral, José Fernando Sousa é 12.º, a 6:41.14 horas do líder, o norueguês Pal Anders Ullevalseter (KTM), enquanto José Fernando Sousa Jr. está um lugar abaixo, a 6:44.34.

Na quarta-feira cumpre-se a oitava etapa do Africa Race, com partida e chegada em Amodjar, ao longo de 498 quilómetros, 377 dos quais cronometrados.

A oitava edição da Africa Eco Race percorre Marrocos, Mauritânia e Senegal até 10 de janeiro de 2016.

Lusa

  • DIRETO: Portuguesa entre os 14 mortos dos atentados na Catalunha

    Ataque em Barcelona

    Uma das 13 vítimas mortais do atentado de ontem em Barcelona é de Lisboa e há uma outra portuguesa, a sua neta, desaparecida. Esta madrugada em Cambrils, cinco suspeitos foram abatidos e outra pessoa acabou por morrer, num segundo ataque. Há quatro detenções confirmadas. Siga aqui as últimas informações, ao minuto.

    Em atualização

  • Autoridades acreditam que suspeito do ataque nas Ramblas pertence a célula terrorista
    1:36
  • O momento em que os suspeitos foram abatidos em Cambrils
    2:35
  • Nível de ameaça terrorista em Portugal continua moderado
    1:31

    Ataque em Barcelona

    O primeiro-ministro garantiu hoje que, para já, o nível de ameaça terrorista em Portugal não vai ser alterado (o nível está no 4 em 5). Já o Presidente da República disse que não há tolerância possível e garante que há medidas preparadas caso o mesmo cenário venha a acontecer em Portugal.

  • Vento e calor provocam reacendimentos em Mação
    1:55