sicnot

Perfil

Desporto

Elisabete Jacinto mantém terceiro lugar nos camiões na Africa Eco Race

A piloto portuguesa Elisabete Jacinto manteve esta quarta-feira o terceiro lugar da classificação geral na categoria de camiões, no final da oitava etapa da Africa Eco Race, prova todo-o-terreno que liga Marrocos ao Senegal.

(Arquivo)

(Arquivo)

PAULO DUARTE / AP

Elisabete Jacinto (MAN) cumpriu os 498 quilómetros da etapa em 06:33.55 horas, ocupando a 12.ª posição da classificação conjunta auto/camião.

Na frente da classificação geral segue o cazaque Kanat Shagirov (Toyota), o primeiro entre os camiões é o russo Anton Shibalov (Kamaz).

Ricardo Leal dos Santos (Nissan), que na terça-feira se afundou na classificação depois de uma etapa repleta de problemas mecânicos, terminou hoje em 12.º entre os automóveis, ocupando a 25.ª posição da geral (19.º entre os automóveis).

Nas motas, os portugueses José Fernando Sousa Jr. e José Fernando Sousa, ambos em KTM, terminaram hoje a etapa em terceiro e quarto, respetivamente, a apenas três minutos do vencedor, o norueguês Pal Anders Ullevalseter (KTM).

Na geral, José Fernando Sousa é agora 10.º, a 7:12.22 horas do líder Ullevalseter, enquanto José Fernando Sousa Jr. está um lugar abaixo, a 7:16.42.

Na quinta-feira, cumpre-se a nona etapa do Africa Race, entre Amodjar e Akjoujt, na Mauritânia, ao longo de 493 quilómetros.

A oitava edição da Africa Eco Race percorre Marrocos, Mauritânia e Senegal até 10 de janeiro de 2016.

Lusa

  • 10 Minutos com Ana Catarina Mendes
    10:28

    10 Minutos

    A secretária geral adjunta do PS diz que não percebe porque é que o PSD levou tanto tempo a escolher o candidato à Câmara de Lisboa. Em entrevista no 10 Minutos da SIC Noticias, Ana Catarina Mendes considerou ainda que Pedro Passos Coelho não tem estado à altura de um líder da oposição. Quanto às legislativas, entende que o PS deve concorrer sozinho às eleições.

    Entrevista na íntegra

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.