sicnot

Perfil

Desporto

Vicente Moura recupera de enfarte sofrido em dezembro

O vice-presidente do Sporting Vicente Moura está a recuperar do enfarte sofrido a 15 de dezembro, disse esta quarta-feira à Lusa fonte próxima do antigo presidente do Comité Olímpico de Portugal.

(Arquivo)

(Arquivo)

O dirigente esteve internado no Hospital de Santa Cruz, em Carnaxide, Oeiras, e depois transferido para o Hospital Egas Moniz, em Lisboa, onde revela melhorias notórias, acrescentou a mesma fonte.

Em 16 de dezembro, o Sporting tinha dado conta da hospitalização de Vicente Moura, após o enfarte, indicando que o prognóstico era reservado.

José Vicente Moura, de 78 anos, foi secretário-adjunto do COP entre 1984 e 1988 e eleito vice-presidente no ciclo olímpico que se seguiu, acabando por assumir, entre 1990 e 1993, a presidência do organismo quando Fernando Lima Bello foi designado representante português no Comité Olímpico Internacional.

O Capitão de Mar e Guerra da Marinha Portuguesa sucedeu, em 1997, a Vasco Lynce na liderança do COP, no qual foi consecutivamente eleito, cumprindo mais quatro mandatos, até 2013.

O antigo praticante de natação, polo aquático, ginástica e basquetebol e também ex-presidente da Federação Portuguesa de Natação, entre 1982 e 1990, chefiou a missão olímpica portuguesa aos Jogos de Los Angeles1984.

Em junho de 2005, foi condecorado pelo então Presidente da República, Jorge Sampaio, com o grau de comenda da Ordem do Infante D. Henrique, que distingue serviços relevantes a Portugal, no país e no estrangeiro, bem como serviços na expansão da cultura portuguesa, sua história e seus valores.

Depois de ter deixado a presidência do COP, em abril de 2013, Vicente Moura reapareceu no dirigismo desportivo ao integrar a direção do Sporting, presidida por Bruno de Carvalho, como vice-presidente para as modalidades, cargo que desempenha até hoje.

Lusa

  • Negócios do fogo
    22:00
  • "Meninas proibidas de usar saias curtas e roupa transparente" para evitar abusos em Timor
    0:50
  • "De repente ele estava em cima de mim a beijar-me e a apalpar-me"
    2:43