sicnot

Perfil

Desporto

Pedro Proença defende introdução de meios tecnológicos na Taça da Liga e II Liga

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) defendeu hoje a ideia de que a Taça da Liga e a II Liga são espaços privilegiados para a introdução de meios tecnológicos que possam auxiliar os árbitros.

"Em maio do ano passado, a final da Taça da Liga teve uma experiência pioneira com a utilização do sistema 'Tecnologia da Linha de Golo'. A LPFP vê a Taça da Liga e, eventualmente, uma II Liga em vias de ser reformulada, como espaços privilegiados para a introdução progressiva de instrumentos que possam ajudar os árbitros nas suas decisões", disse Pedro Proença, em declarações à Agência Lusa.

Para Pedro Proença, a LPFP "estará sempre do lado das soluções que contribuam para a melhoria do jogo, para a qualidade das decisões dos árbitros e, por consequência, para a verdade desportiva".

Assumindo-se como "defensor da introdução de novas tecnologias", Pedro Proença recordou que essa via "está prevista nos objetivos do seu mandato" de quatro anos à frente da LPFP, mas questionado sobre o momento em que prevê a aplicação desses meios na Taça da Liga ou na II Liga [na Holanda arrancará já na próxima época, na Taça] , foi mais cauteloso.

"Vemos a recomendação do International Board como mais um passo em frente num caminho que é irreversível. Queremos estar presentes neste processo e o que lhe posso dizer é que vamos participar nele de forma ativa, porque é este o caminho correto", reforçou o presidente da Liga.

Finalmente, questionado sobre os custos que a introdução de meios tecnológicos para auxiliar o trabalho dos árbitros irá acarretar para a LPFP, Pedro Proença considerou prematuro avançar já com essa avaliação e preferiu qualificar o caminho seguido "como um investimento e não como um custo".

Lusa

  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.