sicnot

Perfil

Desporto

Valbuena assume que teve medo de Benzema

O futebolista francês Mathieu Valbuena, alegadamente vítima de chantagem por parte do colega de seleção Karim Benzema, assumiu em tribunal que o avançado do Real Madrid o intimidou quando falaram sobre o vídeo que originou o caso.

Lionel Cironneau

De acordo com as declarações de Valbuena, divulgadas hoje pelo diário Le Monde, Benzema assegurou ao médio do Lyon que não havia outras cópias do vídeo de conteúdo sexual, a que também tinha assistido, e alertou-o para o caráter meliante das pessoas que tinham a gravação.

"Assegurou-me que tinha visto o vídeo, jurou-me pela sua filha. Disse que era quente. Meteu-me medo", declarou Valbuena em tribunal, pormenorizando que o madridista lhe apresentou detalhes da gravação para o convencer e serviu de intermediário entre si e os chantagistas.

Na sessão judicial de 20 de novembro, hoje dada a conhecer, o chantageado contou que Benzema lhe sugeriu que falasse com o seu amigo Karim Zenati para o ajudar a tratar do assunto.

"Disse-lhe que queria pagar pela minha liberdade, mas que poderia haver outras cópias. Respondeu-me: 'Mat, pela minha filha, não há cópias'", descreveu Valbuena diante da magistrada que conduz o caso.

O jogador do Lyon explicou que, inicialmente, pensou que Benzema queria apenas informá-lo, mas que começou a desconfiar quando o avançado do Real Madrid insistiu em apresentar-lhe o intermediário, ainda que este nunca o tenha convencido a pagar a quantia exigida pelo grupo que detinha o vídeo.

"O objetivo era que me encontrasse com Zenati, em troca de uma contrapartida. Sei que as coisas não se fazem gratuitamente e, com certeza, não queriam bilhetes para o futebol", acrescentou.

Lusa

  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • "Quem não deve não teme"

    Football Leaks

    O futebolista português Cristiano Ronaldo, questionado sobre a sua alegada fuga ao fisco veiculada pela investigação "Football Leaks", disse que "quem não deve não teme", numa reação difundida esta quinta-feira pela rádio espanhola Onda Cero.

  • Cerca de 150 civis doentes retirados de Alepo

    Mundo

    Cerca de 150 civis, a maioria doentes ou deficientes, foram retirados na noite de quarta-feira para quinta-feira de um centro de saúde de Aleppo, na parte mais antiga da cidade tomada pelo exército sírio, anunciou a Cruz Vermelha internacional.

  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.