sicnot

Perfil

Desporto

Benfica com mais adeptos no estádio, Sporting com melhor média de ocupação

O Benfica é o clube com mais adeptos de futebol em casa, com 406.145 na primeira volta, mas o Sporting tem melhor média de ocupação do estádio (74,38 por cento), segundo estatísticas hoje reveladas pela Liga.

© Hugo Correia / Reuters

Em nove jogos, as 'águias' contabilizam uma média de 45.127 espetadores, acima dos 'leões' (37.222 de média, para um total de 297.776), que têm um jogo a menos no seu estádio, e do FC Porto (36.146 de média, para um total de 325.311). No total, a primeira volta teve 1.607.167 de espetadores.

Em termos comparativos, o Sporting lidera na média de ocupação com 74,38 por cento, acima de FC Porto (72,24) e Benfica (69,81): os dados revelam ainda que o Marítimo tem 77,77, número que se justifica no facto de o estádio dos Barreiros ter estado em obras, o que limitou a lotação durante bastantes jogos.

O Benfica participou nos dois jogos com maior assistência do campeonato, no derbi com o Sporting (63.054), derrota (3-0) à oitava jornada, e no arranque do campeonato, nos 4-0 sobre o Estoril (53.285).

O 'clássico' Sporting--FC Porto (2-0) completa o pódio e foi presenciado por 49.382 espetadores, enquanto o FC Porto--Benfica (1-0) foi visto por 49.209, também muito próximo do quinto desafio com maior assistência, na estreia dos portistas na prova, vitória por 3-0 sobre o Vitória de Guimarães (48.509).

O primeiro jogo sem um dos três maiores do futebol português surge apenas em 32.º lugar, o derbi minhoto Vitória de Guimarães--Sporting de Braga (0-1), presenciado por 19.545, seguindo-se o Sporting de Braga--Belenenses (4-0), no 35.º posto, com 14.239.

A primeira jornada foi a que reuniu mais público, nomeadamente 150.296 espetadores no estádio, bem superior à oitava ronda (segunda no 'ranking' com 123.880), do Benfica-Sporting, e à terceira jornada(terceira classificada com 119,025), que também ficou distante da 10.ª (a quarta com 105.202).

Nos 'rankings' negativos, o Estoril-Praia tem um acumulado de apenas 10.556 adeptos em oito jogos em casa, uma média de 16,49 por cento de ocupação, que supera o Belenenses (21.121), com 13,3 por cento, e a Académica (34.854), última com 13,03.

Os 'canarinhos', que ainda não receberam qualquer 'grande', são secundados pelo Moreirense (já defrontou o FC Porto), que tem um acumulado de 15.023 (média de 30,52), com 1.878 por jogo.

O registo revela que apenas sete equipas totalizam médias acima dos 5.000, nomeadamente Benfica (45.127), Sporting (37.222), FC Porto (36.146), Vitória de Guimarães (12.481), Sporting de Braga (10.819), Marítimo (5.600) e Boavista (5.224).

Lusa

  • DIRETO: Portuguesa entre os 14 mortos dos atentados na Catalunha

    Ataque em Barcelona

    Uma das 13 vítimas mortais do atentado de ontem em Barcelona é de Lisboa e há uma outra portuguesa, a sua neta, desaparecida. Esta madrugada em Cambrils, cinco suspeitos foram abatidos e outra pessoa acabou por morrer, num segundo ataque. Há quatro detenções confirmadas. Siga aqui as últimas informações, ao minuto.

    Em atualização

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33

    Ataque em Barcelona

    O jornal espanhol El Pais divulgou hoje  as primeiras imagens da carrinha que matou 13 pessoas e feriu mais de 100 em Barcelona. O vídeo foi registado por  uma câmara de videovigilância de um museu nas Ramblas. Mostra pessoas a desviarem antes da passagem rápida da carrinha branca. Esta terá sido a parte final do percurso feito pelo veículo.

  • Autoridades acreditam que suspeito do ataque nas Ramblas pertence a célula terrorista
    1:36
  • O momento em que os suspeitos foram abatidos em Cambrils
    2:35
  • Nível de ameaça terrorista em Portugal continua moderado
    1:31

    Ataque em Barcelona

    O primeiro-ministro garantiu hoje que, para já, o nível de ameaça terrorista em Portugal não vai ser alterado (o nível está no 4 em 5). Já o Presidente da República disse que não há tolerância possível e garante que há medidas preparadas caso o mesmo cenário venha a acontecer em Portugal.

  • Vento e calor provocam reacendimentos em Mação
    1:55