sicnot

Perfil

Desporto

FC Porto falhou acordo com Lopetegui e rescindiu unilateralmente

O FC Porto anunciou hoje que rescindiu unilateralmente com Julen Lopetegui, depois de não ter chegado a acordo com o treinador espanhol, em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O treinador do FC Porto ocupa a nona posição mundial, numa tabela liderada pelo treinador do Barcelona, Luis Enrique. (Arquivo)

O treinador do FC Porto ocupa a nona posição mundial, numa tabela liderada pelo treinador do Barcelona, Luis Enrique. (Arquivo)

© Rafael Marchante / Reuters

"Na sequência da comunicação ao mercado efetuada no dia 08 de janeiro, a Futebol Clube do Porto -- Futebol, SAD vem esclarecer que, não tendo sido possível chegar a um acordo com o treinador Julen Lopetegui, rescindiu unilateralmente o seu contrato de trabalho desportivo", lê-se.

No mesmo documento, os 'dragões' esclarecem que "não existe, à data, qualquer negociação tendo em vista a contratação de um treinador para a equipa profissional de futebol A".

A 08 de janeiro, o FC Porto anunciou a saída do treinador espanhol, que estava no clube há uma época e meia, dois dias depois do empate caseiro com o Rio Ave (1-1), que, na altura, era o terceiro jogo consecutivo sem vencer.

Rui Barros, que era adjunto de Lopetegui, tem comandado os 'dragões' de forma interina, somando dois triunfos sobre o Boavista, por 5-0 para o campeonato e por 1-0 para a Taça de Portugal.

O FC Porto é atualmente terceiro classificado da I Liga, com os mesmos pontos do Benfica, segundo, e a quatro do líder Sporting.

Lusa

  • Negócios do fogo
    22:00
  • "Não podemos gastar o dinheiro e depois os filhos e os netos é que pagam"
    2:05

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite, o reembolso antecipado ao FMI. O comentador da SIC defendeu que seria mais vantajoso se Portugal reembolsasse mais depressa, antes da subida das taxas de juro. Miguel Sousa Tavares considerou ainda que o reembolso da dívida é uma boa notícia, pois seria "desleal" deixar a dívida para "os filhos e os netos" pagarem.

    Miguel Sousa Tavares

  • Os efeitos da tempestade Ana em Portugal
    1:43
  • Porque têm as tempestades nomes?
    0:49

    País

    As tempestades passaram a ter um nome, partilhado pelos serviços de meteorologia de Portugal, França e Espanha. Nuno Moreira, chefe de divisão de previsão meteorológica do IPMA, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias para explicar que este método é também uma forma de sinalizar a dimensão das tempestades.

  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59

    Mundo

    A tempestade Ana não causou apenas estragos em Portugal, mas também na Galiza, com a queda de árvores e cheias nas zonas ribeirinhas. No norte da Europa, as baixas temperaturas provocaram fortes nevões e paralisaram a Grã-Bretanha, com voos cancelados, escolas fechadas e estradas cortadas.

  • "Meninas proibidas de usar saias curtas e roupa transparente" para evitar abusos em Timor
    0:50
  • "De repente ele estava em cima de mim a beijar-me e a apalpar-me"
    2:43