sicnot

Perfil

Desporto

Jorge Sampaoli chega a acordo para deixar seleção chilena

O treinador argentino Jorge Sampaoli deixou esta quarta-feira o cargo de selecionador do Chile de futebol, seis meses depois de ter conduzido o país à conquista da Taça América, anunciou a federação chilena.

A confirmação da saída de Sampaoli surge cinco dias depois de a federação chilena ter revelado que as negociações para a renovação de contrato tinham terminado sem qualquer acordo.

A confirmação da saída de Sampaoli surge cinco dias depois de a federação chilena ter revelado que as negociações para a renovação de contrato tinham terminado sem qualquer acordo.

© Reuters Photographer / Reuter

A confirmação da saída de Sampaoli surge cinco dias depois de a federação chilena ter revelado que as negociações para a renovação de contrato tinham terminado sem qualquer acordo.

"A federação e Jorge Sampaoli chegaram a acordo e dão por terminado o seu relacionamento contratural", pode ler-se no comunicado divulgado pela federação chilena.

Entre os nomes de eventuais sucessores está o do também argentino Marcelo Bielsa, que se encontra sem treinar desde que deixou os franceses do Marselha no princípio da época, e que já esteve à frente da seleção chilena entre 2007/2010.

Outro nome apontado é o de Eduardo Berizzo, igualmente argentino e atual técnico dos espanhóis do Celta de Vigo.

Lusa

  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28
  • Trump remarca encontro com Kim Jong-un no Twitter
    2:33

    Mundo

    A Coreia do Sul e a Coreia do Norte reuniram-se pela segunda vez em menos de um mês. Os Presidentes dos dois países dizem que estão a cooperar para que a cimeira entre Washington e Pyongyang, em Singapura, seja um sucesso. Donald Trump regressou ao Twitter para remarcar a cimeira a 12 de junho.

  • Brasil "virado do avesso" devido à greve dos camionistas
    2:27
  • Na linha do triunfo
    16:49