sicnot

Perfil

Desporto

Árbitros de futebol exigem respeito e comportamentos sérios, responsáveis e racionais

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) exigiu hoje respeito aos agentes desportivos, aos quais apela "comportamento sério, responsável, construtivo e sobretudo racional", para a valorização da modalidade.

Até agora, os árbitros apenas podiam indicar a sua decisão através de comunicação verbal. (Arquivo)

Até agora, os árbitros apenas podiam indicar a sua decisão através de comunicação verbal. (Arquivo)

© Michaela Rehle / Reuters

O apelo, feito em comunicado, é "extensivo particularmente aos que merecem maior notoriedade pública e mediática", tendo como intuito o "fim do ruído e para a permanente valorização do futebol português"

"Este objetivo só será concretizável com a colaboração de todos os que participam neste espetáculo. Aos adeptos, o discurso e comportamento de adeptos. Aos dirigentes e demais agentes desportivos, a educação, a responsabilidade, e as atitudes de quem tem por missão fazer sempre parte da solução e nunca do problema", lê-se em comunicado.

A APAF salienta que "certos comportamentos, em absolutamente nada, credibilizam os valores do desporto e do 'fair-play'".

"Para que o crescimento desta indústria nunca seja boicotado por quem tem, em primeira instância, obrigação moral e ética de o proteger e desenvolver. A APAF e todas as equipas de arbitragem, desde os campeonatos distritais aos campeonatos profissionais, exigem respeito!", refere ainda a APAF.

O organismo acrescenta que continuará a pautar a sua intervenção no futebol "com uma atitude permanentemente positiva, profissional e responsável", mas não deixará de defender a sua atividade "através de todos os meios" que estiverem ao seu alcance", alertando ainda para a necessidade de que seja criada "regulamentação adequada" sobre esta matéria.

Lusa

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos poucos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.

  • Pensões vão subir em janeiro

    Economia

    As pensões vão subir entre 1 e 1,8% em janeiro próximo. O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou esta quinta-feira o valor da inflação, que vai definir a atualização das reformas em 2018.

  • Investigação australiana recomenda fim do celibato na Igreja Católica

    Mundo

    Uma investigação australiana sobre abuso sexual de crianças recomendou hoje à Igreja Católica que levante a exigência de celibato ao clero, de acordo com o relatório final. O mesmo documento, com 189 recomendações e 17 volumes, indicou que deve também ser esclarecido até onde vai o segredo da confissão quando estão em causa provas de crimes contra menores.

  • Trabalhos de estabilização de solos nas áreas ardidas começam na Lousã
    1:24

    País

    Vários concelhos afetados pelos incêndios estão a começar a receber uma intervenção de emergência para estabilizar os solos nas áreas ardidas. O trabalho arrancou esta quinta-feira na zona da Lousã e tem como objetivo reduzir o impacto da chuva nos terrenos afetados pelos fogos. Nos trabalhos, estão presentes o Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro e a Força Especial de Bombeiros.

  • Anúncio de lince ibérico no OLX sob investigação
    1:25

    País

    A GNR está a investigar um anúncio de venda de um lince ibérico no site de classificados OLX. As autoridades admitem poder tratar-se de uma bricandeira, mas sendo o lince uma espécie protegida e a sua captura e venda um crime, o caso está a ser investigado. O anúncio foi entretanto retirado do site.