sicnot

Perfil

Desporto

Árbitros de futebol exigem respeito e comportamentos sérios, responsáveis e racionais

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) exigiu hoje respeito aos agentes desportivos, aos quais apela "comportamento sério, responsável, construtivo e sobretudo racional", para a valorização da modalidade.

Até agora, os árbitros apenas podiam indicar a sua decisão através de comunicação verbal. (Arquivo)

Até agora, os árbitros apenas podiam indicar a sua decisão através de comunicação verbal. (Arquivo)

© Michaela Rehle / Reuters

O apelo, feito em comunicado, é "extensivo particularmente aos que merecem maior notoriedade pública e mediática", tendo como intuito o "fim do ruído e para a permanente valorização do futebol português"

"Este objetivo só será concretizável com a colaboração de todos os que participam neste espetáculo. Aos adeptos, o discurso e comportamento de adeptos. Aos dirigentes e demais agentes desportivos, a educação, a responsabilidade, e as atitudes de quem tem por missão fazer sempre parte da solução e nunca do problema", lê-se em comunicado.

A APAF salienta que "certos comportamentos, em absolutamente nada, credibilizam os valores do desporto e do 'fair-play'".

"Para que o crescimento desta indústria nunca seja boicotado por quem tem, em primeira instância, obrigação moral e ética de o proteger e desenvolver. A APAF e todas as equipas de arbitragem, desde os campeonatos distritais aos campeonatos profissionais, exigem respeito!", refere ainda a APAF.

O organismo acrescenta que continuará a pautar a sua intervenção no futebol "com uma atitude permanentemente positiva, profissional e responsável", mas não deixará de defender a sua atividade "através de todos os meios" que estiverem ao seu alcance", alertando ainda para a necessidade de que seja criada "regulamentação adequada" sobre esta matéria.

Lusa

  • Pagaram 10 libras por diamante que vale milhares

    Mundo

    Há 30 anos um comprador adquiriu um anel de diamantes de 26.27 quilates por apenas 10 libras (cerda de 11 euros) numa feira em Isleworth, no oeste Londres. O proprietário passeou durante três décadas com uma peça que valia cerca de 350.000 libras (407.000€) e não sabia. Confessa que até a usava durante as tarefas domésticas.

    SIC

  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.

  • Caçador morre esmagado por elefante

    Mundo

    Um famoso caçador morreu na sexta-feira após ser esmagado por um elefante quando estava a caçar. A morte foi confirmada pelas autoridades do Zimbabué, que adiantaram ainda que o animal foi morto por um dos caçadores do grupo de Theunis Botha.