sicnot

Perfil

Desporto

Marega e José Sá deixam Marítimo e rumam ao FC Porto

última hora

Os futebolistas Marega e José Sá vão assinar com o FC Porto e deixam de representar o Marítimo, anunciou o clube madeirense no seu sítio oficial.

Marega (à esquerda) é um dos jogadores que deixa o Marítimo e assina pelo FC Porto.

Marega (à esquerda) é um dos jogadores que deixa o Marítimo e assina pelo FC Porto.

GREGORIO CUNHA

"O avançado franco-maliano Moussa Marega e o guarda-redes internacional português José Sá vão ser jogadores do FC Porto. Deixam, assim, de pertencer aos quadros do C.S. Marítimo", pode-se ler na nota publicada.

Na sua página oficial no Facebook, o clube madeirense acrescenta que os dois jogadores, que a imprensa apontava como alvos do Sporting, vão assinar por cinco épocas e meia.

Marega, que curiosamente jogou domingo pelo Marítimo no Estádio do Dragão (vitória por 1-0 do FC Porto), chegou à Madeira em janeiro de 2015 e levava sete golos apontados esta temporada, cinco dos quais no campeonato.

Já o guardião José Sá é internacional sub-21 e fez formação nas escolas do Benfica, tendo assinado pelo Marítimo em 2011.

Com Salin a ser titular indiscutível na equipa, Sá nunca conseguiu um lugar no onze maritimista, embora ainda tenha realizado nove partidas esta época.

Nelo Vingada perde agora duas opções para o jogo decisivo de quarta-feira com o Famalicão (20:15), para determinar a passagem às meias-finais da Taça da Liga.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51