sicnot

Perfil

Desporto

Maria Sharapova convocada para a Fed Cup apesar da polémica

Maria Sharapova foi esta quarta-feira confirmada como uma das convocadas da Rússia para a eliminatória da Fed Cup contra a Holanda, apesar de ter dito que não iria jogar.

Depois de perder com a norte-americana Serena Williams nos quartos de final do Australian Open, a número cinco mundial disse que precisava de descansar e que, por isso, dificilmente representaria a sua equipa na Fed Cup.

Depois de perder com a norte-americana Serena Williams nos quartos de final do Australian Open, a número cinco mundial disse que precisava de descansar e que, por isso, dificilmente representaria a sua equipa na Fed Cup.

© Tyrone Siu / Reuters

Depois de perder com a norte-americana Serena Williams nos quartos de final do Australian Open, a número cinco mundial disse que precisava de descansar e que, por isso, dificilmente representaria a sua equipa na Fed Cup.

Sharapova, que conquistou a medalha de prata em Londres2012, foi então prontamente avisada pelo presidente da federação russa que, caso falhasse a eliminatória da próxima semana, corria o risco de ser excluída dos Jogos Olímpicos de 2016.

No entanto, a Federação Internacional de Ténis (ITF) esclareceu que a russa só teria de estar incluída na convocatória para ser elegível para o Rio2016.

A 'capitã' Anastasia Myskina convocou também Svetlana Kuznetsova, Ekaterina Makarova e Daria Kasatkina para a eliminatória contra a Holanda, que se disputa em Moscovo de 6 a 7 de fevereiro.

Lusa

  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser "derrotada como todos os outros"

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • António Guterres, "o governante mais amado desde sempre em democracia"
    2:27

    País

    António Guterres foi distinguido com o grau de honoris causa pela Universidade de Lisboa. A cerimónia decorreu esta manhã e contou com a presença do Presidente da República e do primeiro-ministro. Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou que Guterres foi o governante mais amado da democracia portuguesa.