sicnot

Perfil

Desporto

Carrillo quis "prejudicar gravemente o Sporting"

O presidente do Sporting acusou hoje o futebolista peruano Carrillo, que assinou contrato com o Benfica depois de terem falhado as negociações para a renovação com os leões, de ter querido prejudicar financeiramente o clube leonino.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

"O mercado fechou e a surpresa chegou, apesar de prejuízo no mercado Carrillo vai para o Benfica a custo zero... A custo zero? Mas a custo zero ou sem pagar ao clube de origem? Para mim era-me igual, faz meses, por quem Carrillo assinava. Apenas fica, mais uma vez, claro para todos que o atleta e o seu agente propositadamente quiseram financeiramente prejudicar gravemente o Sporting, escreveu Bruno de Carvalho na sua conta no Facebook.

Algumas horas depois de o Sporting ter anunciado que foi informado pelo Benfica de que tinha chegado a acordo com Carrillo por cinco anos, válido a partir da próxima época e até 2021, o presidente do Sporting diz que jogador e agente quiseram lesar o clube de Alvalade "de forma pensada e planeada".

Sob comando de Jorge Jesus, o internacional peruano foi uma das peças mais influentes da equipa no arranque da época, mas, após o fracasso das negociações, foi suspenso e alvo de um processo disciplinar no clube, estando sem jogar desde setembro.

Referindo-se ao período de transferências que terminou na segunda-feira, Bruno de Carvalho questiona o negócio que levou o médio francês Imbula do FC Porto para o Stoke City, de Inglaterra, por 24 milhões de euros.

"Falar da venda de Imbula e colocá-la em mapas comparativos é brincar com as pessoas. Um jogador que veio como Ferrari e sai como um simples automóvel modesto a necessitar de revisão total ter sido valorizado é a anedota do ano. A memória do negócio Mangala ainda está presente", diz o dirigente do Sporting.

Bruno de Carvalho critica ainda as aquisições de Suk, Marega e José Sá, apontados por alguma comunicação social como alvos do Sporting. "Falam de um investimento em três atletas por 6,5 milhões (...). Em primeiro lugar alerto que faltam aí umas verbas aos negócios. Interessa o investimento feito ou não? Quanto a alvos e desvios, um bom gestor sabe separar um bom negócio de despesismo. Gastar dinheiro à toa não é negócio, é gestão danosa", sublinhou.

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa. A Direção-Geral de Saúde vai divulgar ainda esta terça-feira as normas de orientação clínica para que os médicos possam lidar da melhor maneira com este surto.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Incêndio num estádio em Xangai destrói parte da bancada

    Mundo

    O Estádio Hongkou da equipa chinesa Shanghai Shenhua foi atingido esta terça-feira por um incêndio que acabou por danificar parte da bancada e algumas salas no interior da infraestrutura. Para o local, foi enviada uma equipa de bombeiros que conseguiu controlar as chamas.