sicnot

Perfil

Desporto

Jorge Jesus diz não estar preocupado com o resultado do clássico

Jorge Jesus diz não estar preocupado com o resultado do clássico

Jorge Jesus não está preocupado com o resultado do clássico de mais logo. Na antevisão do jogo com o Nacional, o técnico do Sporting afirmou que a prioridade é sair da Madeira com os três pontos.

O treinador do Sporting desvalorizou hoje a perda de pontos dos 'leões' nos encontros da I Liga de futebol para Benfica e FC Porto, destacando a mentalidade vencedora da equipa.

"Começámos todos com zero pontos. Alguém perdeu pontos para nós, é tão fácil como isso. Não fomos nós que perdemos pontos, mas sim os nossos rivais. Conseguimos andar em primeiro e ainda andamos. Temos sido uma equipa vencedora e temos capacidade para chegar ao fim nesta posição", defendeu Jorge Jesus na conferência de imprensa de antevisão à visita de sábado ao Nacional, da 22ª jornada.

Sobre o jogo na Madeira, o técnico 'leonino' alertou para as dificuldades de jogar na Choupana, lembrando a obrigatoriedade de vencer todos os jogos em que o Sporting entra em campo.

"Este jogo enquadra-se dentro do que é a dificuldade do campeonato português e, normalmente, o Nacional é uma equipa difícil em casa. Está bem trabalhada e tem um treinador que tem feito um bom trabalho ao longo dos anos. O Sporting tem a responsabilidade de jogar para vencer todos o jogos e temos que ser melhores que os adversários, o que acontece a maior parte das vezes", disse.

Questionado sobre o rendimento de William Carvalho e dos reforços de inverno Coates e Barcos, Jorge Jesus elogiou os seus pupilos e frisou que ainda estão à procura da sua melhor forma.

"O William não tem estado a um nível muito alto, mas porque esteve três meses parado e perdeu competição. Anda à procura da sua melhor forma e das ideias da equipa. O Barcos está também à procura da sua melhor condição física, técnica e tática. Confio nele e o valor está lá. Já o Coates surpreendeu-me pela tranquilidade e segurança transmitida à equipa", explicou.

Relativamente ao "clássico" de hoje entre Benfica e FC Porto, Jorge Jesus disse "não estar preocupado" com o resultado e o que acontecer "será bom para o Sporting", lembrando que o mais importante é vencer o Nacional.

O Sporting, que partilha a liderança no campeonato com o Benfica, ambos com 52 pontos, desloca-se sábado à Madeira para defrontar o Nacional, 15.º, com 21, num encontro marcado para as 18:30 e que será dirigido pelo árbitro Bruno Paixão, da Associação de Futebol de Setúbal.

Com Lusa

  • Madonna diz que América nunca desceu tão baixo
    2:12

    Mundo

    No mundo artístico, foram várias as vozes que se levantaram contra Trump, entre elas Madonna. A cantora disse esta quinta-feira em Nova Iorque, a propósito do dia da tomada de posse, que nunca a América desceu tão baixo. Já o ator Matthew McConaughey - que está em Londres - garantiu que não ia perder a cerimónia pela televisão.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Videoclipe mostra mulheres a fazer tudo o que é proibido na Arábia Saudita
    1:55

    Mundo

    Um grupo de mulheres canta, dança e faz outras coisas proibidas na Arábia Saudita como forma de protesto. O vídeo é uma crítica social à forma como as mulheres islâmicas são tratadas pelos maridos. Na letra constam frases como "Faz com que os homens desapareçam da terra" e "Eles provocam-nos doenças psicológicas". A ideia partiu de um homem, Majed al-Esa e já conta com 5 milhões de visualizações.

    Patrícia Almeida