sicnot

Perfil

Desporto

Belenenses renova com treinador Julio Velázquez até 2018

O Belenenses anunciou esta sexta-feira que renovou contrato até 2018 com o treinador espanhol de futebol Julio Velázquez, que 'pegou' na equipa do Restelo em dezembro do ano passado, depois da saída de Ricardo Sá Pinto.

SIC

O técnico de 34 anos, que chegou ao Belenenses depois de passagens pelo Bétis, Murcia e Villarreal na segunda divisão espanhola, tinha ligação ao emblema lisboeta até final da temporada.

"Estou muito agradecido ao presidente e à administração pela confiança depositada. Desde o primeiro dia que me senti muito bem e fui muito bem acolhido. O clube tem capacidade para crescer. Esta temporada, o objetivo passa pela manutenção e também queremos começar a preparar a próxima", afirmou Velázquez em conferência de imprensa, no Restelo.

O treinador espanhol chegou ao Belenenses a 16 de dezembro, com a equipa no 13.º lugar da I Liga com 13 pontos. Atualmente, a formação lisboeta está na nona posição, com 28 pontos e a quatro dos lugares de acesso às competições europeias.

O Belenenses recebe no domingo o Arouca, em jogo da 23.ª jornada da I Liga.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.