sicnot

Perfil

Desporto

Seleção portuguesa de futebol conhece adversários a 14 de abril

A seleção portuguesa de futebol conhece os adversários nos Jogos Olímpicos do Rio2016 em sorteio a realizar a 14 de abril no Estádio do Maracanã, anunciou hoje a FIFA.

Fernando Santos, treinador da Seleção Portuguesa de Futebol.

Fernando Santos, treinador da Seleção Portuguesa de Futebol.

© Maxim Shemetov / Reuters

"No dia 14 de abril, quinta-feira, o icónico Maracanã vai dar o pontapé de saída com o sorteio que define os grupos de cada competição. O evento será realizado no auditório do estádio, às 10:30 de Brasília (15:30 em Lisboa)", refere a nota.

Na ocasião vão ser sorteadas as competições masculina e feminina. Na primeira serão 16 equipas divididas em quatro grupos e na segunda 12 distribuídas por três grupos.

As finais dos torneios, que decorrem de 03 a 20 de agosto, vão decorrer no Rio de Janeiro, a feminina a 19 de agosto e a masculina no dia seguinte, embora o torneio tenha previsto jogos para Belo Horizonte, Brasília, Natal, Salvador e São Paulo.

Na competição masculina falta apenas ocupar uma vaga, a definir entre Estados Unidos e Colômbia, num 'play off' a 25 e 29 de março.

Portugal (vice-campeão europeu de sub-21), Suécia (campeã europeia), Alemanha, Dinamarca, Brasil, Argentina, Ilhas Fiji, Honduras, México, Argélia, Nigéria, África do Sul, Iraque, Japão e Coreia do Sul são as seleções já apuradas para o torneio masculino.

Lusa

  • Celebridades protestam contra Donald Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Encontrados dez sobreviventes no hotel engolido por um avalanche em Itália
    1:44
  • Videoclipe mostra mulheres a fazer tudo o que é proibido na Arábia Saudita
    1:55

    Mundo

    Um grupo de mulheres canta, dança e faz outras coisas proibidas na Arábia Saudita como forma de protesto. O vídeo é uma crítica social à forma como as mulheres islâmicas são tratadas pelos maridos. Na letra constam frases como "Faz com que os homens desapareçam da terra" e "Eles provocam-nos doenças psicológicas". A ideia partiu de um homem, Majed al-Esa e já conta com 5 milhões de visualizações.

    Patrícia Almeida