sicnot

Perfil

Desporto

Tenista Novak Djokovic desiste no Dubai

O tenista sérvio Novak Djokovic, número um mundial, quebrou hoje a sua série de 17 finais consecutivas, ao desistir do encontro dos quartos de final do torneio do Dubai devido a um problema no olho direito.

Novak Djokovic, tenista sérvio.

Novak Djokovic, tenista sérvio.

© Ahmed Jadallah / Reuters

Depois de perder o primeiro parcial do encontro com o espanhol Feliciano López por 6-3, Djokovic queixou-se de um problema no olho direito e decidiu abandonar o embate dos quartos-de-final.

Esta é a primeira vez desde janeiro de 2015, em Doha, que o líder do 'ranking' mundial não atinge a final de um torneio no qual participa.

"É muito triste quando um dos melhores jogadores de sempre se retira de um encontro como este", lamentou López, contando que o sérvio lhe revelou que tinha uma infeção no olho.

Durante o encontro, Djokovic pediu assistência médica, mas não aceitou as gotas que o médico lhe ofereceu.

O campeão do Open da Austrália, que na quarta-feira somou a 700.ª vitória da carreira, sofreu a sua primeira derrota em 15 encontros disputados este ano.

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.