sicnot

Perfil

Desporto

Presidente do Palermo diz que Infantino ganhou porque "comprou mais votos"

O presidente do Palermo, Maurizio Zamparini, afirmou hoje que Gianni Infantino ganhou as eleições para a presidência da FIFA porque "comprou mais votos que o xeque" Salmn bin Ebrahim al-Khalifa, derrotado no escrutínio à segunda volta.

GREGORIO BORGIA

"O sistema não muda e o novo presidente da FIFA, o chefe dos burocratas Infantino, faz parte dele desde o início", afirmou hoje o responsável do clube italiano, em declarações a uma rádio italiana.

E acrescentou: "se ele [Gianni Infantino] foi eleito foi porque comprou mais votos que o xeque [Salmn bin Ebrahim al-Khalifa]. Espero que me suspendam por ter dito isto, seria uma honra".

O suíço Gianni Infantino foi eleito sexta-feira presidente da FIFA, organismo que tutela o futebol mundial, ao vencer as eleições à segunda volta, sucedendo ao suíço Joseph Blatter.

O secretário-geral da UEFA recebeu, na segunda volta, 115 votos, ficando à frente do xeque Salman bin Ebrahim al-Khalifa (88) e do príncipe jordano Ali bin al Hussein (quatro), enquanto o francês Jérôme Champagne não recolheu qualquer voto. Antes, já o sul-africano Tokyo Sexwale tinha desistido.

Infantino é o nono presidente da história da FIFA, sucedendo a Blatter, que, após 17 anos no cargo, deixou a liderança na sequência de um escândalo de corrupção, acabando mesmo por ser suspenso por seis anos.

Maurizio Zamparini tem-se notabilizado por declarações polémicas e pelas mudanças inesperadas de treinador (demitiu 29 técnicos desde que se tornou presidente do clube, em julho de 2002).

Lusa

  • Cristas acusa Costa de mentir sobre acordo da concertação social
    3:01

    Economia

    A presidente do CDS acusou esta terça-feira o primeiro-ministro de mentir no debate quinzenal, ao dizer que o acordo da concertação social já estava assinado. Foi o momento mais aceso, com Assunção Cristas a dizer que António Costa não tem condições para chefiar o Governo.

  • Trump prestará juramento com a duas bíblias

    Mundo

    Donald Trump prestará juramento, na próxima sexta-feira, como o 45.º Presidente dos Estados Unidos, usando duas Bíblias - a sua, oferecida pela sua mãe, e a que Abraham Lincoln usou na sua posse, há 150 anos.

  • Medalha idêntica à de Anne Frank encontrada em campo nazi

    Mundo

    Um grupo de investigadores encontrou uma medalha praticamente igual à de Anne Frank, nas escavações ao campo nazi de extermínio Sobibor, na Polónia. Os especialistas do Memorial do Holocausto Yad Vashem em Israel acreditam que a medalha pertencia a Karoline Cohn, que pode ter conhecido Anne Frank.

  • Esta foto pode salvar a sua vida

    Mundo

    Podemos até estar familiarizados com os sinais do cancro da mama, mas quando se trata de identificar sintomas visuais nos nossos próprios seios, já não é tão fácil. Por isto, uma designer resolveu mostrar como descobrir sinais através de uma ajuda improvável: limões.

    Rita Ferro Alvim