sicnot

Perfil

Desporto

Portugal continua em sétimo no ranking da FIFA, liderado pela Bélgica

A seleção portuguesa de futebol mantém o sétimo lugar no ranking da FIFA, hoje divulgado e no qual a Bélgica continua a ser líder, num top-10 sem quaisquer alterações.

Em caso de vitória, a seleção nacional assume a liderança do agrupamento e fica mais perto do apuramento direto para o Europeu do próximo ano, que vai decorrer em França.

Em caso de vitória, a seleção nacional assume a liderança do agrupamento e fica mais perto do apuramento direto para o Europeu do próximo ano, que vai decorrer em França.

INACIO ROSA / Lusa

Sem jogos disputados, Portugal segue a 20 pontos do Brasil, sexto classificado.

Os belgas são primeiros, à frente da Argentina, vice-campeã mundial, da Espanha, da Alemanha, campeã do mundo, e do Chile.

Entre os países de língua oficial portuguesa, Cabo Verde continua também a ser o melhor classificado, com uma subida de dois lugares, do 33.º para o 31.º posto, seguido, a larga distância, por Moçambique, na 100.ª posição.

O Gabão, comandado por Jorge Costa, mantém a 83.ª posição e o Burquina Faso, de Paulo Duarte, desceu um lugar e é 86.º.

Quanto aos adversários de Portugal no Euro2016 de futebol, a Áustria é 10.ª classificada, a Hungria 19.ª e a Islândia 38.ª.

Lusa

  • Frio no fim de semana, regiões do interior podem chegar aos -5 °C
    1:23
  • Bombeiro ferido nos fogos de Pedrógão Grande regressou a casa
    2:33

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Seis meses depois dos incêndios de Pedrógão Grande, regressou a casa o último dos bombeiros de Castanheira de Pera que estava internado desde junho. Rui Rosinha esteve em coma mais de dois meses e tem ainda pela frente uma longa recuperação. O bombeiro não quer que o país esqueça o que aconteceu e espera que as duas tragédias deste ano (fogos de junho e outubro) sirvam de lição para o futuro.

  • Pedrógão Grande, seis meses depois - documentário Expresso
    0:29
  • Ilhas Selvagens são um tesouro no Atlântico que é preciso preservar
    2:33
  • PS volta a subir nas intenções de voto e não baixa dos 40%
    2:01