sicnot

Perfil

Desporto

Miguel Oliveira "muito ansioso" pelo início de campeonato Moto 2

O piloto Miguel Oliveira disse hoje estar "muito ansioso" antes do início do campeonato do mundo de motociclismo e da sua estreia no Moto2, no qual considera que "já seria positivo" ficar no 'top-10' na primeira prova.

© Brandon Malone / Reuters

O vice-campeão do Mundo de Moto3 vai este ano estrear-se na categoria acima, num campeonato do mundo que arranca a 20 de março, no Qatar, e que será "uma nova descoberta".

"Estou muito ansioso. Todos os anos fico, mas este ano é uma sensação diferente. Há pilotos que não conheço. Vai ser um abrir de portas e descobrir totalmente novo", afirmou o piloto, numa conferência de imprensa realizada hoje no Estoril.

A 15 dias do arranque do campeonato, Miguel Oliveira reconheceu as suas "limitações físicas", depois de se ter lesionado num dedo, e por isso considera que "um top-10 já seria positivo" na primeira etapa.

No entanto, o piloto sublinhou que a sua mentalidade não é a de um 'rookie' e que o seu objetivo é igual ao de todos: ganhar.

Ainda lesionado, na sequência de uma fratura num dedo sofrida nos testes oficiais em Jerez de la Frontera, Espanha, o português espera vir a estar a 100 por cento.

Nesta nova categoria de Moto2, Miguel Oliveira disse notar "uma diferença enorme" e que ainda exige uma grande necessidade de adaptação.

"A mota é mais pesada, mais potente, requer muito mais força e vou mais contraído, mas já sinto boas sensações com a nova mota e sinto-me cada vez mais à vontade", descreveu.

Miguel Oliveira contou ainda que, de 10 a 12 de junho, vai participar num campeonato de resistência, numa corrida de 12 horas, em Portimão, um "desafio" que nem hesitou em aceitar.

"Vou fazer dupla com o Miguel Praia. Queria tanto correr em Portugal que aceitei logo o desafio. Expliquei à minha equipa a importância de correr no meu país", contou, admitindo que "risco há sempre".

Miguel Oliveira prepara-se agora para ir para o Qatar, para os últimos testes oficias.

Lusa

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.