sicnot

Perfil

Desporto

Presidente da FIFA assume futebol feminino como prioridade

O presidente da FIFA, Gianni Infantino, assegurou hoje que o futebol feminino "é uma prioridade" e instou a comunidade futebolística a aumentar a presença da mulher em lugares de decisão para assegurar o futuro da modalidade.

Michael Probst

Infantino, que assumiu a presidência no passado dia 26 de fevereiro, falava durante a segunda conferência sobre "futebol feminino e liderança" que decorreu na sede da FIFA em Zurique, na qual se referiu às reformas aprovadas como a incorporação de, pelo menos, seis mulheres no novo conselho que substituirá o comité executivo.

"É um mínimo de seis, mas deviam ser mais. Devemos olhar para todos os comités. O futebol feminino e a mulher no futebol são uma prioridade, são parte da solução para o futuro deste desporto. Devemos colocar objetivos ambiciosos e ver até onde nos levam", disse Infantino, de acordo com o teor de um comunicado publicada pela FIFA.

A Conferência anual da FIFA sobre "Futebol Feminino e Liderança" coincidiu com o Dia Internacional da Mulher e pretende ser uma plataforma de debate sobre como melhorar a organização e o apoio às mulheres no futebol.

"Este é um símbolo do que queremos obter no futuro", acrescentou Infantino durante a sessão, na qual foram abordados três áreas, o desenvolvimento do futebol feminino, a liderança da mulher e as reformas.

Entre as presentes estavam a ex-tenista Billie Jean King, a ex-futebolista dos Estados Unidos Abby Wambach e a membro do Comité Executivo da FIFA, Moya Dodd, que pediu uma estratégia comercial para o futebol feminino.

"Há muito mais potencial de crescimento no futebol feminino do que no masculino. A FIFA deve reconhecê-lo", disse Wambach, para quem este organismo deve catalogar o futebol feminino como "prioritário", enquanto Billie Jean King solicitou uma nova secretaria geral que apoie a "igualdade de género".

Lusa

  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • S. João do Porto sem balões
    2:36

    País

    No Porto, milhares de pessoas foram para a rua festejar o São João. Este ano houve tolerância zero no lançamento de balões, por causa do risco de incêndio. O fogo de artifício começou com mais de 15 minutos de atraso.

  • Mais de 100 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.