sicnot

Perfil

Desporto

Samaris no centro da defesa do Benfica, ao lado de Lindelöf

O grego Samaris vai atuar no centro da defesa do Benfica, ao lado do sueco Lindelöf, no reduto do Zenit, em encontro da segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões em futebol.

© Hugo Correia / Reuters

Face às ausências dos lesionados Luisão e Lisandro López e do castigado Jardel, o treinador Rui Vitória escolheu o internacional helénico, de acordo com o escalonamento da equipa divulgado pelo twitter oficial do clube 'encarnado'.

Em relação ao jogo da primeira mão, registam-se ainda as entradas do guarda-redes Ederson, para o lugar do lesionado Júlio César, e do lateral direito Nelson Semedo, que substitui o castigado André Almeida.

No meio campo, em vez de Samaris, vai alinhar o sérvio Fejsa, ao lado de Renato Sanches.

Desta forma, o Benfica vai alinhar com Nelson Semedo, Samaris, Lindelöf e Eliseu, à frente de Ederson, dois médios centrais (Fejsa e Renato Sanches) e dois extremos (Pizzi e Gaitán) no apoio a Jonas e Mitroglou.

No banco, Rui Vitória vai ter à sua disposição Paulo Lopes, Sílvio, Rúben Dias, Talisca, Salvio, Gonçalo Guedes e Raúl Jiménez. Fora dos 18, ficaram Miguel Santos, Grimaldo e Carcela.

Quanto ao Zenit, André Villas-Boas procedeu a quatro alterações em relação ao jogo da Luz: entram Luís Neto, Zhirkov, Maurício e Kokorin para os lugares de Garay, Criscito, Javi Garcia e Shatov.

Garay e Shatov foram relegados para o banco, no qual também estão Kerzhakov, Yusupov, Smolnikov, Ivanov e Dolgov, enquanto Criscito e Javi Garcia estão castigados.

O encontro da segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões entre o Zenit e o Benfica realiza-se a partir das 20:00 locais (17:00 em Lisboa), no Estádio Petrovskiy, em São Petersburgo, com arbitragem do húngaro Viktor Kassai.

Na primeira mão, na Luz, os 'encarnados' venceram por 1-0, graças a um golo do brasileiro Jonas, já nos descontos, aos 90+1 minutos.

Lusa

  • Incêndio em Lisboa faz um ferido
    4:13

    País

    Um incêndio de grandes dimensões deflagrou esta segunda-feira numa loja, na Avenida de Berlim, em Lisboa. O repórter André Palma esteve no local, onde ouviu o comandante dos Sapadores Bombeiros de Lisboa. Pedro Patricio confirmou que foi assistida uma pessoa por inalação de fumos e, por questões de segurança, os veículos estacionados perto do local foram retirados, assim como foi pedido às pessoas dos prédios à volta que saíssem por causa do fumo. O incêndio foi dominado.

  • "Rui Rio avisou que vinha para partir loiça dentro do PSD"
    3:00
  • Hugo Soares não deverá continuar como líder parlamentar do PSD
    3:17

    País

    Rui Rio não deverá manter Hugo Soares na liderança parlamentar do PSD. Fonte próxima do novo presidente social-democrata diz à SIC que dificilmente o líder da bancada poderá continuar no cargo. Aumenta a pressão para que Hugo Soares ponha o lugar à disposição e já começam a surgir nomes para o substituir.

  • Suspeita de militantes fantasma no PSD
    4:22

    País

    Perante a suspeita de militantes fantasma e de caciquismo, Salvador Malheiro, diretor de campanha de Rui Rio, diz que o ato eleitoral foi devidamente fiscalizado. Uma investigação do jornal Expresso encontrou oito filiados numa morada que não existe e 17 militantes com morada numa casa onde vivem nove pessoas e nenhuma é do PSD. A associação cívica Transparência e Integridade fala num vazio legal e em falta de regulamentação.

  • Cristiano Ronaldo está insatisfeito com o salário e pode sair do Real Madrid
    2:38