sicnot

Perfil

Desporto

Defesa diz que Vale e Azevedo fica em liberdade condicional a partir de 7 de junho

Defesa diz que Vale e Azevedo fica em liberdade condicional a partir de 7 de junho

João Vale e Azevedo voltou a sair em precária. O antigo presidente do Benfica, a cumprir uma pena de 11 anos e meio de prisão, saiu do Estabelecimento Prisional da Carregueira por volta das cinco da tarde. É a segunda saída precária depois de ter sido autorizado em janeiro pelo Tribunal de Execução de Penas a regressar a casa durante 3 dias.

Vale e Azevedo foi extraditado de Inglaterra para Portugal há quase 4 anos e cumpre uma pena de 11 anos e meio em cúmulo jurídico pelas condenações nos processos "Ovchinikov", "Euroárea", "Dantas da Cunha" e "Ribafria".

A advogada do ex-presidente do Benfica diz que Vale e Azevedo vai ficar em liberdade condicional a partir de 7 de junho.

  • Hoje, o Primeiro Jornal esteve em Leiria
    1:13
  • Nova tecnologia provoca a queda de drones
    1:39

    País

    Um dia depois da divulgação das medidas de identificação e da obrigatoriedade de seguro para os drones, sabe-se agora que vem aí uma tecnologia para a deteção de drones e respetivos operadores, com capacidade para neutralizar os aparelhos. O início dos testes está previsto para o final do mês, na altura em que a nova legislação será publicada. 

  • "Estamos a perder tempo adiando a descentralização"
    1:29
  • Fãs choram morte de Chester Bennington
    2:12
  • Bigode de Salvador Dalí está intacto, às "10 para as 10"

    Cultura

    O corpo do pintor surrealista catalão foi ontem exumado no Teatro-Museo de Figueres, por ordem de um tribunal de Madrid, para um exame de determinação de paternidade de Pilar Abel, que alega ser filha do artista. O pintor que morreu há 28 anos foi embalsamado e mumificado pelo que o corpo continua preservado e o famoso bigode levantado.

  • Alunos de medicina fazem rastreios porta-a-porta em Belmonte
    2:18

    País

    Cerca de 60 estudantes de vários pontos do país estão em Belmonte, onde vão realizar várias atividades ligadas à saúde durante quatro dias. A SIC acompanhou esta sexta-feira o trabalho na aldeia de Colmeal da Torre. Os alunos fazem rastreios à glicemia, medição da tensão arterial e avaliação da percentagem de gordura corporal; e o objetivo é sensibilizar a população para a importância de hábitos e estilos de vida saudáveis.