sicnot

Perfil

Desporto

UEFA abre procedimento disciplinar após cânticos racistas de adeptos da Lazio

A UEFA abriu hoje um procedimento disciplinar contra a Lazio em face dos cânticos racistas entoados pelos seus adeptos no jogo de quinta-feira dos oitavos de final da Liga Europa de futebol contra o Sparta de Praga.

© David W Cerny / Reuters

A partida, que terminou com um empate 1-1, esteve interrompida na primeira parte, numa altura em que os adeptos da Lazio começaram a entoar cânticos racistas visando o defesa zimbabueano do Sparta Costa Nhamoinesu.

Os adeptos da Lazio são acusados de "comportamento racista" e de ter criado "'slogans' proibidos", indica a UEFA em comunicado.

O Sparta é igualmente visado por uma faixa contendo mensagens proibidas.

O assunto será tratado em reunião da Comissão de Ética e de Disciplina da UEFA, a 22 de março.

Em fevereiro, a Lazio foi multada em 50 mil euros e punida com dois jogos à porta fechada depois de os seus adeptos terem entoado insultos racistas contra o defesa senegalês do Nápoles Kalidou Koulibaly.

Lusa

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.

  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.