sicnot

Perfil

Desporto

Pinto da Costa oficializa recandidatura à presidência do FC Porto na quarta-feira

Pinto da Costa vai oficializar a sua recandidatura à presidência do FC Porto, para as eleições de 17 de abril, na quarta-feira, anunciou hoje a comissão de apoio.

Pinto da Costa é o Presidente do FC Porto desde 1982.

Pinto da Costa é o Presidente do FC Porto desde 1982.

AP

Em comunicado, a referida comissão agendou uma conferência de imprensa para "apresentar e oficializar a recandidatura de Jorge Nuno Pinto da Costa", no auditório José Maria Pedroto, no Estádio do Dragão, no Porto, para quarta-feira, a partir das 17:00.

As eleições para os órgãos sociais do FC Porto, para o período entre 2016 e 2020, estão marcadas para 17 de abril, entre as 10:00 e as 19:00, no Dragão Caixa.

Pinto da Costa, de 78 anos, já anunciou a sua recandidatura a um 14.º mandato no ato eleitoral marcado para o dia em que cumpre 34 anos no cargo.

As listas candidatas às eleições 'azuis e brancas' têm de ser apresentadas "até 30 dias antes da realização das eleições e ser propostas por, pelo menos, 300 associados sénior no pleno gozo dos seus direitos, devendo ser acompanhadas dos termos de aceitação dos candidatos", de acordo com os estatutos do clube.

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • "Juntos por Todos" hoje no palco em Lisboa
  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.

  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.