sicnot

Perfil

Desporto

Avançado espanhol do FC Porto Alberto Bueno operado ao joelho esquerdo

O avançado espanhol Alberto Bueno, futebolista do FC Porto, foi operado, na segunda-feira, ao joelho esquerdo e não deverá jogar mais esta época, segundo comunicado no sítio oficial dos 'dragões'.

Bueno, que regressou à competição no início de março, após uma lesão no pé direito que demorou dois meses a recuperar, voltou a magoar-se, agora no joelho esquerdo.

"Alberto Bueno, jogador do FC Porto, foi operado esta segunda-feira ao joelho esquerdo, no Hospital da Trindade, devido a uma lesão no menisco contraída na semana passada. A reinserção meniscal ao avançado espanhol, realizada pelo Prof. José Carlos Noronha, coadjuvado pelo Dr. Alcindo Silva e pelo Dr. José Lourenço, foi bem sucedida e decorreu sem intercorrências", pode ler-se na página do clube.

Atendendo ao tipo de lesão e ao procedimento cirúrgico, a recuperação deverá durar entre seis e oito semanas, o que o afasta dos relvados até ao final da época.

Alberto Bueno foi uma aposta do treinador espanhol Julen Lopetegui para reforçar os 'dragões no início da época, mas nunca conseguiu afirmar-se, apesar de, na temporada passada, ter sido o segundo melhor marcador espanhol da Liga BBVA (primeira liga espanhola), sétimo no geral, com 17 golos.

No FC Porto, conta apenas oito jogos oficiais e apontou dois golos, ambos ao Angrense, a contar para a Taça de Portugal.

Lusa

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.