sicnot

Perfil

Desporto

973 minutos sem sofrer golos

O guarda-redes Gianluigi Buffon, da Juventus, estabeleceu hoje um novo recorde ao conseguir estar 973 minutos sem sofrer golos na liga italiana de futebol. A Juventus goleou hoje o Torino por 4-1 no dérbi de Turim.

© Giorgio Perottino / Reuters

Buffon, de 38 anos, é agora dono de um recorde de 973 minutos sem sofrer golos, depois de, aos quatro minutos do encontro de hoje, ter ultrapassado os 929 minutos que Sebastiano Rossi manteve "invicta" a baliza do AC Milan, em 1994.

Aos 48 minutos de jogo, numa altura em que Juventus, líder da prova, já vencia por 2-0 - com golos de Pogba (33) e Khedrira (42) -, Beloti não perdoou frente ao guarda-redes internacional italiano e marcou para o Torino.

Um 'bis' de Alvaro Morata (63 e 76) selou a vitória da Juventus, que agora lidera com 70 pontos, mais seis do que o Nápoles, segundo, que ainda hoje recebe o Génova.

A Fiorentina, orientada pelo português Paulo Sousa, empatou sem golos na visita ao terreno do Frosinone, penúltimo da classificação, e segue na quarta posição, com os mesmos pontos (55) do Inter Milão, que sábado empatou (1-1) com a Roma

O Verona, cada vez mais isolado no último lugar da tabela, perdeu por 2-1 na receção ao Carpi, com Ionita (63) a marcar para os visitados, e Di Guadio (42) e Lasagna (67) a apontarem para os visitantes.

O Sassuolo empatou 1-1 na receção à Udinese, que esteve a vencer desde os oito minutos graças a um tento de Zapata, mas Politano empatou aos 64.

O empate mantém o Sassuolo na sétima posição, com 45 pontos, mais quatro do que a Lazio, que recebe hoje o AC Milan.

A Sampdoria foi perder ao terreno do Chievo, por 1-0, com um golo de Meggiorini, e o Bolonha saiu derrotado por 2-0 na visita ao Atalanta, que marcou por Gómez e Diamanti.

Última atualização às 16:50/Com Lusa

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57

    País

    Tondela foi um dos municípios mais atingidos pelo incêndio, deixando dezenas de animais feridos e perdidos no concelho. Várias clínicas veterinárias são agora um porto de abrigo e, em alguns casos, um ponto de encontro. Muitos dos animais chegaram recolhidos por voluntários e a maior parte dos casos são animais que, no momento de aflição, foram soltos pelos donos e salvos pelo instituto de sobrevivência.

  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Maioria das praias do Algarve já não tem nadador-salvador
    2:19

    País

    A lei não obrigada os concessionários a garantir o serviço e, por isso, a esmagadora maioria das praias do Algarve está sem vigilância desde 30 de setembro. Ainda assim, os areais vão atraindo milhares de banhistas com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir. Um nadador-salvador recomenda os banhistas a não nadar e, em dias de ondulação, evitar caminhadas à beira-mar.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31