sicnot

Perfil

Desporto

Candidatura de Fernando Gomes conta com apoio maioritário dos sócios

As associações de dirigentes de futebol e de enfermeiros e massagistas manifestaram apoio a Fernando Gomes na recandidatura à presidência da Federação Portuguesa de Futebol, com o dirigente a reunir agora apoios de 28 dos 29 sócios federativos.

Fernando Gomes, de 63 anos, chefiou a comitiva portuguesa na deslocação ao Luxemburgo para a realização do segundo de dois jogos particulares, após um encontro com a Rússia, no sábado. (Arquivo)

Fernando Gomes, de 63 anos, chefiou a comitiva portuguesa na deslocação ao Luxemburgo para a realização do segundo de dois jogos particulares, após um encontro com a Rússia, no sábado. (Arquivo)

SIC

De acordo com a assessoria da candidatura de Fernando Gomes, ANDIF -- Associação Nacional de Dirigentes de Futebol e ANEDAF -- Associação Nacional dos Enfermeiros Desportivos e Massagistas do Futebol são os mais recentes apoiantes do atual presidente.

A Fernando Gomes fica apenas a faltar o apoio da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), numa lista em que, de acordo com a assessoria da candidatura, 86,5 por cento dos clubes da Liga estão, a título individual, ao lado da candidatura.

"Apoiamos a recandidatura do Dr. Fernando Gomes à presidência da Federação Portuguesa de Futebol, essencialmente pelo trabalho feito nos últimos quatro anos", disse o presidente da ANDIF, Diamantino Gonçalves.

O dirigente admitiu que nos últimos quatro anos as prioridades eram outras, mas que espera que nos próximos "a formação de dirigentes" seja "uma realidade" e que este apoio acontece pelo trabalho realizado no futebol em geral.

Já Manuel Amaral Cunha, presidente da Associação Nacional dos Enfermeiros Desportivos e Massagistas de Futebol, considera que Fernando Gomes "mexeu com o futebol nacional e internacional" e que o trabalho foi excelente.

"Na última eleição apoiámos outro candidato, mas chegámos à conclusão de que o Dr. Fernando Gomes é o melhor e, por isso, a direção da ANEDAF decidiu, por unanimidade, apoiá-lo incondicionalmente", salientou.

As eleições para a Federação Portuguesa de Futebol realizam-se em 04 de junho, com Fernando Gomes a concorrer a um segundo mandato.

Lusa

  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Cágado tratado com implante impresso em 3D
    2:26
  • Patrões não aceitam alterações ao acordo de concertação social
    2:25

    Economia

    As confederações patronais foram esta sexta-feira ao Palácio de Belém dizer ao Presidente da República que não aceitam que o Parlamento faça alterações ao acordo de concertação social. Os patrões dizem ainda ter esperança que o Parlamento não chumbe o decreto-lei que reduz a TSU das empresas com salários mínimos.