sicnot

Perfil

Desporto

Miguel Veloso recorda "desilusão" do Sporting face ao Bayern

O futebolista Miguel Veloso fala de "desilusão" na eliminatória de 2008/09 com o Bayern Munique, agora um adversário "bastante difícil" para o Benfica, que, no entanto, pode "surpreender" nos quartos de final da Liga dos Campeões.

No Dínamo de Kiev, depois de em 2010 ter saído de Alvalade rumo a Itália, onde jogou no Génova durante dois anos, Miguel Veloso não esqueceu a pesada derrota que o Bayern aplicou ao Sporting

No Dínamo de Kiev, depois de em 2010 ter saído de Alvalade rumo a Itália, onde jogou no Génova durante dois anos, Miguel Veloso não esqueceu a pesada derrota que o Bayern aplicou ao Sporting

© Reuters Staff / Reuters

A cumprir a quarta temporada no Dínamo de Kiev, depois de em 2010 ter saído de Alvalade rumo a Itália, onde jogou no Génova durante dois anos, Miguel Veloso não esqueceu a pesada derrota que o Bayern aplicou ao Sporting na temporada 2008/2009, nos oitavos de final da Champions.

Com um resultado total na eliminatória de 12-1, depois de uma vitória dos bávaros na primeira mão por 5-0, em Alvalade, e por 7-1 na segunda, na Alemanha, o médio recorda dois jogos em que o Bayern colocou grande intensidade.

"Foram jogos bastante intensos, porque o Bayern teve sempre grandes jogadores e grandes equipas. Recordo-me que foi um a desilusão para nós perder daquela maneira, mas sabíamos que defrontávamos uma grande equipa", afirmou, em entrevista à Agência Lusa.

O médio, na altura com 23 anos, explicou que, apesar da pesada derrota, foi possível tirar um aspeto positivo.

"Já nem me recordo por quantos perdemos em casa, mas recordo-me que foi um jogo em que o Bayern meteu grande intensidade. Tinha jogadores de grande qualidade, um grande coletivo. Foi bom, no sentido de podermos ter jogado contra uma grande equipa, mas mau pelo resultado", vincou.

Miguel Veloso que ao serviço do Dínamo de Kiev atingiu esta temporada os oitavos da Liga dos campeões, tendo a sua equipa perdido nessa fase com o Manchester City, comentou que no encontro entre o Benfica e o Bayern, dos quartos de final da prova, os alemães são favoritos, destacando, contudo, que as águias estão a "fazer uma grande campanha" na Champions.

"Penso que o favorito será o Bayern, porque tem o objetivo de ganhar a Liga dos Campeões. O Benfica não, mas tem vindo a fazer uma grande campanha na Liga dos Campeões e pode surpreender. Era bom para o futebol português. O Benfica também não tem a pressão de passar a eliminatória, mas era bom que conseguisse passar. Será difícil, mas o Benfica, com certeza, fará o melhor", disse.

O futebolista português destacou a organização dos comandados de Guardiola como um dos pontos fortes, para além da "qualidade individual", mas reafirmou que o Benfica pode surpreender.

"O Bayern é uma equipa muito bem organizada, mesmo a perder com a Juventus (nos oitavos de final), conseguiu dar a volta, porque tem uma grande organização. Todos os jogadores sabem o que têm de fazer dentro de campo e, depois, têm a forte qualidade individual de cada jogador. Será bastante difícil para o Benfica, mas o Benfica não tem nada a perder e pode conseguir surpreender", rematou.

O Benfica defronta às de 20:45 locais (19:45 em Lisboa) de terça-feira, na Alemanha, o Bayern Munique, em encontro da primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões.

Lusa

  • Europol deteve grupo que vendia euros falsos na Darkweb

    Mundo

    A Europol anunciou hoje a detenção de oito pessoas suspeitas de pertencerem a um grupo criminoso considerado como um dos maiores fornecedores de euros falsos vendidos online, no âmbito de uma operação realizada pelas autoridades italianas.