sicnot

Perfil

Desporto

Luisão de regresso aos convocados do Benfica

O regresso do defesa-central Luisão é a principal novidade na lista de convocados do Benfica para o jogo com a Académica, a contar para a 29.ª jornada da Liga portuguesa de futebol.

Arquivo)

Arquivo)

© Miguel Vidal / Reuters

O capitão do Benfica, de 34 anos, está de regresso às opções do técnico Rui Vitória, depois de uma lesão sofrida na partida com o Sporting, a contar para a Taça de Portugal, que se disputou no dia 21 de novembro, no estádio José Alvalade.

Luisão sofreu uma fratura no antebraço esquerdo e foi operado. Em fevereiro, o defesa estava perto do regresso, mas sofreu nova fratura na mesma zona e foi sujeito a uma segunda cirurgia.

Em relação ao jogo com o Bayern Munique, o defesa Lisandro e o jovem guarda-redes André Ferreira ficam de fora das opções do técnico, que chamou 20 jogadores para a deslocação a Coimbra.

Ausentes devido a lesão estão Júlio César, a recuperar de uma rotura insercional do tendão do adutor direito, e Nuno Santos, que foi operado ao joelho esquerdo.

Benfica, líder com 70 pontos, e Académica, 17.ª e penúltima com 23, jogam no sábado, a partir das 18:30, no Estádio Cidade de Coimbra, numa partida que será dirigida pelo árbitro João Capela, da Associação de Futebol de Lisboa.

Lista de 20 convocados:

- Guarda-redes: Ederson e Paulo Lopes.

- Defesas: Luisão, Lindelöf, Eliseu, Jardel, André Almeida e Nélson Semedo.

- Médios: Fejsa, Samaris, Gaitán, Salvio, Gonçalo Guedes, Pizzi, Talisca, Carcela e Renato Sanches.

- Avançados: Raúl Jiménez, Mitroglou e Jonas.

Lusa

  • Roger Moore, o ator que foi 007 e um Santo
    1:26

    Cultura

    Morreu Roger Moore. O ator britânico tinha 89 anos e morreu na Suíça, vítima de cancro. Ficou conhecido pelo mítico papel de James Bond entre os anos 70 e 80, tendo sido o ator que mais tempo se manteve no papel. Em 2003, foi condecorado pela rainha Isabel II e tornou-se Sir Roger Moore.

  • Ucrânia limita utilização do russo na televisão

    Mundo

    O Parlamento da Ucrânia aprovou esta terça-feira uma lei que determina que três quartos dos programas televisivos dos canais nacionais devem ser transmitidos em ucraniano, medida que visa limitar o uso da língua russa naquele país.