sicnot

Perfil

Desporto

John Terry vai pagar funeral de adepto do Chelsea que morreu de leucemia

O capitão do Chelsea, o inglês John Terry, ofereceu-se para pagar o funeral de um jovem adepto do clube da liga inglesa de futebol, que morreu recentemente de leucemia.

© Reuters Staff / Reuters

O futebolista de 35 anos doou cerca de 2.000 euros à família de Tommi Miller, uma criança de oito anos que conheceu no ano passado depois de um jogo, para cobrir os encargos do serviço fúnebre.

"Tive a sorte de conhecer o Tommi em junho de 2015, depois de um encontro do Chelsea. Estou destroçado por saber que faleceu. Estou convencido de que a sua família e amigos se vão despedir dele da forma que merece", disse Terry ao diário britânico Cambridge News.

O funeral da criança acontece na quinta-feira e a família incentivou os assistentes a levarem camisolas do Chelsea e do Cambridge United, as duas equipas preferidas de Tommi.

Lusa

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14