sicnot

Perfil

Desporto

Benfica procura reviravolta frente ao Bayern na Luz

O Benfica procura hoje chegar pela primeira vez às meias-finais da atual Liga dos Campeões, precisa de dar a volta a uma desvantagem de 1-0 frente ao Bayern Munique, que nunca perdeu com os encarnados. Gaitan vai estar em duvida até à hora do jogo.

Na semana passada, o Benfica foi a Munique perder por 1-0

Na semana passada, o Benfica foi a Munique perder por 1-0

© Michael Dalder / Reuters

Sem Jonas, castigado, e provavelmente sem Gaitán, que se mantém em dúvida para a partida, o bicampeão português vai tentar vencer pela primeira vez na sua história o conjunto bávaro, na segunda mão dos quartos de final.

Depois de Arturo Vidal ter dado vantagem ao Bayern na eliminatória, o Benfica terá de impor a quarta derrota em 44 jogos aos bávaros na temporada para ter hipóteses de seguir em frente, sendo que o campeão alemão apenas por quatro vezes ficou em branco.

No Benfica, Jonas, melhor marcador do campeonato e um dos líderes da corrida à Bota de Ouro, é ausência certa e Gaitán, que não treinou na terça-feira, pode falhar a partida, para a qual o treinador do Bayern, Pep Guardiola, não pode contar com Robben e com os centrais Boateng, Badstuber e Benatia.

Na sua história, o Benfica já conseguiu por cinco vezes ultrapassar eliminatórias europeias depois de perder fora por 1-0, cenário que acontece agora pela 12.ª vez, sendo que venceu 11 das 20 receções a clubes alemães, mas só três desses triunfos serviriam para eliminar o Bayern.

Os 6-0 ao Nuremberga, em 1961/62, rumo ao segundo título europeu - então Taça dos Campeões Europeus -, o 2-0 aos alemães de Leste do Worwarts, em 1970/71, e os mais recentes 4-0 ao Hertha Berlim, em 2008/09, valeriam, agora, o apuramento.

A história do Bayern frente a equipas lusas é francamente positiva, uma vez que nunca foi afastado numa eliminatória a duas mãos e apenas perdeu duas das 25 partidas com adversários lusos, ambas com o FC Porto, na final da Taça dos Campeões de 1986/87, por 2-1, e na época passada, nesta mesma fase, por 3-1 -- venceu a segunda mão em casa por 6-1.

À mesma hora do Benfica-Bayern Munique, que terá casa cheia na Luz, o FC Barcelona procura manter a vantagem de 2-1 conseguida em casa frente ao Atlético de Madrid.

Na pior fase da temporada, com duas derrotas consecutivas no campeonato, os 'blaugrana' procuram fugir à 'maldição' dos campeões, que, desde que há Liga dos Campeões, nunca conseguiram defender um título.

Na terça-feira, o Real Madrid, com um hat trick de Cristiano Ronaldo, venceu o Wolfsburgo por 3-0 e anulou a desvantagem de 2-0 da primeira mão, juntando-se nas meias-finais ao Manchester City, que recebeu e venceu o Paris Saint-Germain por 1-0, depois do 2-2 da primeira mão.

Lusa

  • Gaitan em dúvida até perto da hora do jogo com o Bayern de Munique
    1:56

    Desporto

    Gaitan vai estar em dúvida até à hora do jogo de esta quarta-fiera, contra o Bayern de Munique.A garantia foi pelo treinador do Benfica, antes do encontro que pode colocar os encarnados nas meias finais da Liga dos Campeões. Para isso, os encarnados têm de reverter o resultado negativo de 1-0 trazido de Munique.

  • Bayern de Munique com ausências no jogo com o Benfica
    1:28

    Desporto

    O Bayern Munique chegou a Lisboa com algumas ausências. Benatia, Boateng, Badstuber e Robben não vão jogar contra o Benfica. Na antevisão do jogo, Pep Guardiola deixou claro que a equipa está bem preparada para o encontro com os encarnados. O Bayern chegou, na época passada, às meias finais depois de ter eliminado o FC Porto.

  • "O Benfica pode fazer história"
    1:09

    Tempo Extra

    Rui Santos diz que o Benfica pode fazer história, esta 4ª feira, frente ao Bayern Munique. O comentador da SIC fez a antevisão da 2ª mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, ontem à noite, no programa Tempo Extra, aqui na SIC Notícias.

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • "Reforma da Proteção Civil esgotou prazo de validade"
    2:34

    Tragédia em Pedrógão Grande

    António Costa reconheceu esta quinta-feira que a reforma da Proteção Civil que liderou em 2006 está esgotada, e não pode dar resultados sem uma reforma da floresta. Na mesma altura, o ministro da Agricultura admitiu que os problemas já estavam identificados há uma década, sem explicar por que razão não foram atacados pelo Governo socialista da altura.

  • "De um primeiro-ministro esperam-se respostas, não perguntas"
    0:35

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Assunção Cristas acusa o ministro da Agricultura de ter deitado ao lixo a legislação do anterior Governo que poderia ser útil no combate aos incêndios. O CDS exige uma responsabilização política pela tragédia de Pedrógão Grande, diz que há muito por esclarecer e por esse motivo entregou esta quinta-feira ao primeiro-ministro um conjunto de 25 perguntas.

  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

    Última Hora

  • Revestimento da Torre de Grenfell era tóxico e inflamável
    1:52
  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.