sicnot

Perfil

Desporto

Vitória de Guimarães apresenta dívidas ao Estado de 1,9 milhões de euros

A discussão do processo de acusação a Emílio Macedo da Silva, presidente entre 2007 e 2012 do Vitória de Guimarães, da I Liga portuguesa de futebol, revelou hoje, na segunda sessão do julgamento, dívidas de perto de 1,9 milhões de euros de IRS e IVA.

Os vimaranenses marcaram por Ricardo Valente (8 minutos), Henrique Dourado (19 e 58) e Danielson (41), na própria baliza, subindo ao oitavo posto, com 22 pontos.

Os vimaranenses marcaram por Ricardo Valente (8 minutos), Henrique Dourado (19 e 58) e Danielson (41), na própria baliza, subindo ao oitavo posto, com 22 pontos.

Lusa

O inspetor da Autoridade Tributária (AT) António Riço, presente no Tribunal Judicial de Guimarães enquanto testemunha, avançou que o clube falhou a liquidação do IRS dos meses de julho a dezembro de 2011, num valor de cerca de 1,3 milhões de euros, bem como a do IVA dos meses de setembro e outubro de 2011 e de janeiro e fevereiro de 2012, num total de 604 mil euros.

O testemunho do responsável da AT pode, contudo, vir a não ter efeito na decisão final do julgamento, após solicitação do advogado do Vitória, Rui Teixeira e Melo, nesse sentido, em virtude do "desconhecimento total e absoluto", a seu ver, demonstrado, apesar dos números referidos se encontrarem no processo, com o Ministério Público pediu um "prazo de cinco dias" para se "pronunciar sobre o depoimento da testemunha em causa".

João Cardoso, presidente da Assembleia-Geral do clube entre 2010 e 2012, reconheceu que o clube, em 2011, entrou numa "espiral recessiva" e deixou de obter "fontes de financiamento" em virtude da pior "relação entre sócios e direção", depois de Emílio Macedo da Silva, até aí ter sempre cumprido com as obrigações e ter melhorado a situação financeira do clube no início da presidência, em 2007, com dois empréstimos bancários num total de três milhões e 200 mil euros.

O diretor comercial da altura, José Luís Machado, confirmou também que a publicidade, que dava "um encaixe significativo ao clube", ficou, em 2011, mais difícil de angariar, ao passo que José Pereira, atual presidente da Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF) e diretor desportivo, admitiu que os salários em atraso aos futebolistas levaram os vitorianos a uma situação de "ingovernabilidade".

O julgamento da acusação do crime de abuso de confiança fiscal ao antigo presidente vimaranense e ao vice-presidente para a área financeira entre 2010 e 2012, Luciano Baltar, que compareceu, mas não prestou declarações, prossegue a 17 de maio.

Lusa

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC