sicnot

Perfil

Desporto

Futebolista do Liverpool suspenso 30 dias por falhar controlo antidoping

O futebolista francês Mamadou Sakho foi hoje suspenso provisoriamente por 30 dias pela UEFA, depois de ter chumbado um controlo antidoping, a 17 de março, no empate com o Manchester United (1-1), dos oitavos de final da Liga Europa.

© Reuters Staff / Reuters

"Estão a ser movidos procedimentos disciplinares a Mamadou Sakho, relacionados com a violação do regulamento antidoping da UEFA, depois de o jogador ter falhado um controlo. O jogador não pediu uma nova análise e a UEFA decide suspendê-lo, de forma provisória, por 30 dias, até decisão final do Conselho de Ética e Disciplina", anunciou hoje a UEFA em comunicado.

O Liverpool, que joga hoje frente ao Villarreal, em Espanha, para as meias-finais da Liga Europa, acabou por ultrapassar o Manchester United, com vitória em casa, por 2-0, e com a igualdade a um golo em Old Trafford.

Sakho disputou os 90 minutos de ambos os jogos.

A 22 de abril, o Liverpool foi informado da investigação ao central francês e, no dia seguinte, afastou o atleta da competição até ao final do processo.

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22