sicnot

Perfil

Desporto

FIA anuncia acordo sobre motores na Fórmula 1

A Federação Internacional do Automóvel (FIA) anunciou esta sexta-feira oficialmente um acordo entre os principais atores da Fórmula 1 sobre os motores para a o período 2017-2020, que favorece a redução de custos.

© Jason Reed / Reuters

"Este acordo global sobre as unidades motoras (a combustão interna e elétricos) cobre quatro setores-chave relativos aos custos e às tarifas de fornecimento, à obrigação de fornecimento e à convergência do desempenho", enumera o comunicado da FIA, divulgado no final da segunda sessão de treinos livres antecedendo o Grande Prémio da Rússia, em Sochi.

Depois de definitivamente adotadas, nomeadamente pelo Conselho Mundial da FIA, as medidas serão incluídas "no regulamento técnico e desportivo dos campeonatos do mundo de 2017 e 2018 de Fórmula 1", indicou a organização.

No quadro do acordo, a FIA compromete-se a "favorecer a estabilidade dos regulamentos referentes às unidades motoras e a manter a estrutura dirigente da Fórmula 1 para o período 2017-2020".

A partir de 2017, os fabricantes (Mercedes, Ferrari, Renault e Honda) reduzirão em um milhão de euros o custo de cada unidade motora para os seus clientes, valor que cairá novamente em 2018 para três milhões de euros suplementares.

Durante a temporada de 2016, as equipas gastaram entre 15 e 20 milhões de euros na motorização dos seus carros.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.