sicnot

Perfil

Desporto

Tribunal Arbitral do Desporto decide recurso de Platini a 9 de maio

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) revelou hoje que decidirá em relação ao recurso apresentado por Michel Platini, da suspensão de seis anos que lhe foi imposta pela FIFA, o mais tardar a 9 de maio.

Platini à chegada ao TAS disse estar confiante de que vai ganhar recurso da suspensão por 6 anos.

Platini à chegada ao TAS disse estar confiante de que vai ganhar recurso da suspensão por 6 anos.

© Denis Balibouse / Reuters

A informação foi avançada pelo secretário-geral do TAS, Mathieu Reeb, depois de Platini ter sido hoje ouvido na sede do tribunal, em Lausana, na Suíça, numa audiência que contou também com o ex-presidente da FIFA Joseph Blatter.

À saída da audiência, Platini disse estar muito confiante e otimista em relação a uma decisão, por não ter feito nada do que se possa recriminar.

"Estou ainda mais otimista [depois da audiência no Tribunal]", começou por dizer o presidente suspenso da UEFA, acrescentando que não fez nada e não cometeu qualquer erro.

A data hoje anunciada dará à UEFA, que se reunirá na segunda e na terça-feira em congresso em Budapeste, um mês para organizar eleições para um novo presidente, ainda antes do Euro2016, caso o tribunal mantenha a suspensão de seis anos a Michel Platini.

O ex-futebolista francês, que chegou a apresentar a candidatura à presidência da FIFA para as eleições realizadas este ano, foi condenado por abuso de confiança, conflito de interesses e gestão danosa no caso do pagamento de 1,8 milhões de euros feitos por Blatter.

"Hoje é o início de um jogo, um novo jogo, uma final. Estou otimista e acredito que vou ganhar", já tinha referido Platini de manhã aos jornalistas, à chegada ao TAS.

A UEFA decidiu que até existir uma decisão do TAS Platini continuará presidente, suspenso, e em caso de lhe ser dada razão neste tribunal desportivo poderá reassumir funções e presidir ao Euro2016 de futebol, em França, de 10 de junho a 10 de julho.

Tanto Platini, como o suíço Joseph Blatter, foram suspensos pela FIFA, inicialmente por oito anos e depois seis, e inibidos de exercerem qualquer atividade no futebol, levando a que ambos recorressem das decisões para o TAS.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.