sicnot

Perfil

Desporto

Pinto da Costa critica Soares Dias por não ter marcado penálti sobre Aboubakar

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, criticou a arbitragem de Artur Soares Dias por não ter assinalado um "penálti indiscutível" a favor dos 'dragões', derrotados em casa por 3-1, frente ao Sporting.

(Arquivo)

(Arquivo)

Paulo Duarte / AP

Segundo o dirigente, os portistas foram prejudicados por "falta de competência de uma das três equipas em campo", referindo-se ao combinado comandado pelo 'juiz' da Associação de Futebol do Porto, no 'clássico' da 32.ª jornada da I Liga de futebol.

"Toda a gente viu que o Aboubakar sofreu uma falta para penálti indiscutível e que valeria o segundo amarelo para o jogador do Sporting [Coates]", prosseguiu.

Pinto da Costa insistiu nas críticas a Soares Dias: "Um penálti daqueles que não se marca (...), bem, espero que não seja nomeado para a final da Taça, como prémio por esta arbitragem".

"Espero que a mudança na arbitragem [novo presidente no Conselho de Arbitragem da FPF] faça com que não se assista mais aos espetáculos que estamos a assistir, e que não são bons para o futebol", concluiu.

Sobre o resultado, afirmou que, "se estivesse satisfeito, não estaria bom da cabeça".

"Perder nunca me satisfaz, muito menos um 'clássico', sobretudo da maneira como foi, o que me aborrece", disse.

Sobre o adversário de hoje, o presidente do FC Porto afirmou que, "se o Sporting vencer o campeonato, vencerá com toda a justiça, pois foi a equipa do campeonato que apresentou maior dinâmica".

"Hoje foi beneficiado, mas só o terá sido umas duas vezes, ao contrário de outros, que só duas vezes é que não foram beneficiados", concluiu.

Lusa

  • Madonna diz que América nunca desceu tão baixo
    2:12

    Mundo

    No mundo artístico, foram várias as vozes que se levantaram contra Trump, entre elas Madonna. A cantora disse esta quinta-feira em Nova Iorque, a propósito do dia da tomada de posse, que nunca a América desceu tão baixo. Já o ator Matthew McConaughey - que está em Londres - garantiu que não ia perder a cerimónia pela televisão.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Videoclipe mostra mulheres a fazer tudo o que é proibido na Arábia Saudita
    1:55

    Mundo

    Um grupo de mulheres canta, dança e faz outras coisas proibidas na Arábia Saudita como forma de protesto. O vídeo é uma crítica social à forma como as mulheres islâmicas são tratadas pelos maridos. Na letra constam frases como "Faz com que os homens desapareçam da terra" e "Eles provocam-nos doenças psicológicas". A ideia partiu de um homem, Majed al-Esa e já conta com 5 milhões de visualizações.

    Patrícia Almeida