sicnot

Perfil

Desporto

Pinto da Costa critica Soares Dias por não ter marcado penálti sobre Aboubakar

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, criticou a arbitragem de Artur Soares Dias por não ter assinalado um "penálti indiscutível" a favor dos 'dragões', derrotados em casa por 3-1, frente ao Sporting.

(Arquivo)

(Arquivo)

Paulo Duarte / AP

Segundo o dirigente, os portistas foram prejudicados por "falta de competência de uma das três equipas em campo", referindo-se ao combinado comandado pelo 'juiz' da Associação de Futebol do Porto, no 'clássico' da 32.ª jornada da I Liga de futebol.

"Toda a gente viu que o Aboubakar sofreu uma falta para penálti indiscutível e que valeria o segundo amarelo para o jogador do Sporting [Coates]", prosseguiu.

Pinto da Costa insistiu nas críticas a Soares Dias: "Um penálti daqueles que não se marca (...), bem, espero que não seja nomeado para a final da Taça, como prémio por esta arbitragem".

"Espero que a mudança na arbitragem [novo presidente no Conselho de Arbitragem da FPF] faça com que não se assista mais aos espetáculos que estamos a assistir, e que não são bons para o futebol", concluiu.

Sobre o resultado, afirmou que, "se estivesse satisfeito, não estaria bom da cabeça".

"Perder nunca me satisfaz, muito menos um 'clássico', sobretudo da maneira como foi, o que me aborrece", disse.

Sobre o adversário de hoje, o presidente do FC Porto afirmou que, "se o Sporting vencer o campeonato, vencerá com toda a justiça, pois foi a equipa do campeonato que apresentou maior dinâmica".

"Hoje foi beneficiado, mas só o terá sido umas duas vezes, ao contrário de outros, que só duas vezes é que não foram beneficiados", concluiu.

Lusa

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN, liderado por Luis Ribeiro, deu início à leitura do acórdão pelas 10:30, com quatro arguidos ausentes do tribunal, entre os quais Oliveira Costa. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.