sicnot

Perfil

Desporto

Dick Pound diz que será difícil confiar em atletas russos

O canadiano Dick Pound, antigo presidente da Agência Mundial Antidopagem (AMA), disse hoje que será muito difícil confiar em qualquer atleta russo, mesmo que a federação de atletismo do país seja autorizada a participar nos Jogos Olímpicos Rio2016.

© Michael Dalder / Reuters

Pound liderou uma comissão independente que aconselhou a Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) a suspender a federação russa, na sequência de uma reportagem do canal alemão ARD ter revelado um sistema de dopagem sistemático e com apoio do estado.

"Quando entregámos o relatório em novembro, dissemos que eles [Rússia] podiam regressar se acelerassem e fizessem o seu trabalho de forma adequada, mas dependia deles. Vai haver muita pressão para os ter de volta e, do ponto de vista do sistema, seria muito bom ter toda a gente nos Jogos", referiu.

Contudo, Pound considera que ainda há "elementos em negação" na Rússia e que ainda não conseguiu ter a certeza que as mudanças foram efetivamente levadas a cabo.

"Se eu fosse o presidente do COI [Comité Olímpico Internacional] e deixasse os russos regressar, será que tinha a certeza absoluta de que todos os atletas russos não se estão a dopar e que tudo mudou?", questionou.

As declarações de Pound foram apoiadas pela ex-fundista britânica Paul Radcliffe.

"Temos todos suspeitas de que eles consigam fazer o que é necessário para assegurar que toda equipa está limpa para competir no Rio", disse Radcliffe.

A decisão sobre a presença do atletismo da Rússia será tomada a 17 de junho, num encontro da IAAF, em Viena.

Lusa

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.