sicnot

Perfil

Desporto

Platini pode recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos do Homem

O demissionário presidente da UEFA Michel Platini está a estudar a possibilidade de recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos do Homem para contestar a sua suspensão por quatro anos de toda a atividade ligada ao futebol.

© Eric Gaillard / Reuters

De acordo com declarações da sua equipa à AFP, o antigo futebolista francês está "a estudar seriamente, entre as suas possibilidades, recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos do Homem para protestar contra o facto que o impede de trabalhar".

O Tribunal Arbitral do Desporto, a mais alta jurisdição desportiva, reduziu de seis para quatro anos a suspensão de Platini, que foi sancionado pela justiça interna da FIFA pelo envolvimento no escândalo de corrupção que abalou a entidade.

A sanção imposta ao presidente demissionário da UEFA não o permite, por exemplo, comentar jogos ou ter uma crónica num jornal durante o Euro2016 que vai decorrer em França.

Lusa

  • Corrida à Agência Europeia Medicamento "não é fácil", admite Costa
    0:50

    Brexit

    António Costa confirmou a apresentação da candidatura para a transferência da agência europeia do medicamento de Londres para Portugal. À margem da cimeira extraordinário sobre o Brexit, o primeiro-ministro salientou a importância da instalação do instituto no país para reforçar a competitividade no setor