sicnot

Perfil

Desporto

Antonio Conte foi ilibado das acusações de fraude desportiva

O selecionador italiano de futebol, Antonio Conte, foi hoje absolvido das acusações de fraude desportiva, referentes a 2011, que colocavam em causa a sua presença no Euro2016 pelo risco de pena de prisão de seis meses.

© Alessandro Garofalo / Reuters

Depois de uma audiência no tribunal de Cremona, no norte de Itália, Conte ficou ilibado no escândalo de viciação de resultados 'Calcioscommesse', em que era acusado de ter conhecimento da viciação do jogo entre Siena e AlbinoLeffe, a da segunda divisão italiana, em maio de 2011.

Conte, na altura treinador do Siena, não terá comunicado às autoridades a ilegalidade e foi suspenso por quatro jogos, já quando se encontrava na Juventus.

O procurador Roberto Di Martino pedia uma multa de 8.000 euros e seis meses de prisão, mas a decisão favorável a Conte permite que o treinador lidere a Itália no Europeu de França, antes de se mudar para Inglaterra, onde treinará, a partir de julho, o Chelsea.

O advogado de Conte, Francesco Arata, explicou a decisão: "Conte é um estranho no mundo das apostas desportivas e, por isso, foi ilibado".

Também o adjunto de Conte, Alessio, foi declarado inocente e livre dos quatro meses de suspensão pedidos.

O processo, ainda por concluir, engloba mais de 90 figuras do futebol italiano. Stefano Mauri, da Lazio, foi o jogador mais mediático do caso, tendo sido suspenso por seis meses na época 2013/14.

Lusa

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33

    Ataque em Barcelona

    O jornal espanhol El Pais divulgou hoje  as primeiras imagens da carrinha que matou 13 pessoas e feriu mais de 100 em Barcelona. O vídeo foi registado por  uma câmara de videovigilância de um museu nas Ramblas. Mostra pessoas a desviarem antes da passagem rápida da carrinha branca. Esta terá sido a parte final do percurso feito pelo veículo.

  • Castelo Branco aposta na cultura para preservar raízes e fomentar turismo
    5:26

    SIC 25 Anos

    Com perto de 200 mil habitantes, o distrito de Castelo Branco luta para criar projetos diferenciadores para atrair e ancorar a população. O desemprego tem vindo a baixar, numa região fortemente envelhecida. A capital do distrito aposta na cultura para preservar as raízes e fomentar o turismo, e a Universidade da Beira Interior tem cada vez mais alunos estrangeiros.