sicnot

Perfil

Desporto

"Benfica foi um justo vencedor" da I Liga, afirma Domingos Paciência

O treinador português de futebol Domingos Paciência considerou hoje que "o Benfica foi um justo campeão", admitindo que "foi a equipa portuguesa que mais promoveu o país" em todos os níveis.

À margem do XII Congresso Internacional de Futebol, que esta segunda e terça-feira se realiza na Maia, Domingos Paciência considerou Rui Vitória como o principal obreiro deste título, salientando todo o seu trabalho desde o início da época.

"Rui Vitória, que teve algum tempo inicial para conhecer os jogadores e teve de lidar com vários tipos de pressão, conseguiu mostrar que teve força para aguentar com isso tudo e acabou por consolidar uma equipa, acabando por fazer uma grande época e ganhar o título", referiu.

O antigo avançado reconheceu a justiça no triunfo 'encarnado', elogiando ainda o desempenho do Benfica na Liga dos Campeões.

"Na minha opinião é a equipa que merece ganhar. Se analisarmos o que foi a equipa do Benfica, há que realçar que foi a equipa portuguesa que mais nos promoveu internacionalmente", sublinhou.

Domingos Paciência admitiu ainda a possibilidade de "analisar a época em duas partes", atendendo às mudanças de rendimento das equipas responsáveis pela indefinição até à última jornada do campeão nacional.

Para o técnico, o mau momento do FC Porto agravou-se com a troca de treinadores, considerando que "a equipa perdeu fulgor" com a entrada de José Peseiro.

Ainda assim, considerou que este foi um ano atípico para os 'azuis e brancos', "num contexto diferente que acaba por tornar esta situação compreensível".

Em relação ao Sporting, Domingos reconheceu ter feito uma boa época, com uma equipa que já estava montada desde o ano anterior.

"O Sporting é uma equipa que vem do ano passado, com uma estrutura já bem montada, e depois não haja dúvida de que o Jorge Jesus acaba por fazer um bom trabalho. Colocou a equipa a jogar bem, com dinâmica e acaba por ser uma equipa que fez um bom campeonato", referiu.

No Benfica, e além do trabalho de Rui Vitória, Domingos enalteceu o desempenho de alguns jogadores.

"O Jonas fez a diferença. O Mitroglou foi uma boa muleta para o Jonas, ajudou-o muito, aliviando-o. Um trabalho fantástico da parte dos dois. Quanto à surpresa penso que não há dúvidas, o Renato Sanchez acaba por ser um jogador que fez a diferença. É um jogador ainda em evolução, em crescimento, ainda por lapidar. Ainda tem algumas lacunas que com o tempo e com os jogos vai melhorar", finalizou.

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • 245 saltam de ponte de 30m no Brasil para Recorde do Guiness
    1:56
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.