sicnot

Perfil

Desporto

Novos testes de doping podem afastar "dezenas de atletas" dos Jogos Olímpicos

O presidente do Comité Olímpico Internacional alerta que "dezenas de atletas" podem ser afastados dos próximos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, por doping, após a realização de novos testes às amostras realizadas nos jogos anteriores.

reuters

Thomas Bach, presidente do Comité Olímpico Internacional, escreveu hoje no jornal francês Le Monde que o organismo decidiu reexaminar as amostras recolhidas nos Jogos Olímpicos de Pequim e de Londres, 2008 e 2012, respetivamente, "usando os métodos científicos mais recentes".

"Esta ação decisiva vai provavelmente afastar dezenas de atletas, por doping, dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016", escreveu Bach, num artigo de opinião publicado no Le Monde.

Na terça-feira, o Comité Olímpico Internacional (COI) anunciou que 31 atletas, de seis modalidades, estão em risco de falhar o Rio2016, no Brasil, depois dos resultados positivos por doping verificados na reanálise de amostras de Pequim2008.

Os 31 casos, de 12 nacionalidades, resultaram da reanálise de 454 amostras dos Jogos Olímpicos de Pequim, efetuadas na sequência da série de escândalos de dopagem que abalaram o desporto internacional.

"[A reanálise] centrou-se em atletas que potencialmente estariam no Rio2016 e foi conduzida com o recurso aos últimos métodos científicos de análise. Como resultado, 31 desportistas, de seis modalidades, podem ser impedidos de competir nos Jogos Olímpicos do Rio. O comité executivo do COI acordou hoje, por unanimidade, desencadear de imediato os processos, com os comités olímpicos nacionais a serem informados nos próximos dias", pode ler-se na nota publicada na tera-feira na página daquela entidade olímpica.

No comunicado, o COI assegura ainda que todos os atletas que comprovadamente infringiram as regras antidoping serão banidos de competir no Rio2016, que vão decorrer entre 05 e 21 de agosto.

"A luta para proteger os desportistas limpos não parará aqui, já que o resultado da reanálise de 250 amostras dos Jogos Olímpicos de Londres2012 será conhecido em breve. O objetivo é impedir qualquer batoteiro de competir nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro", acrescenta o texto.

O COI informou ainda que vai estender o espetro de análise a todos os medalhados de Pequim2008 e Londres2012, assim como a todos os atletas que podem 'herdar' medalhas da desclassificação de infratores.

"Guardamos as amostras durante dez anos, para que os batoteiros saibam que nunca podem descansar", lembrou o presidente da entidade, Thomas Bach.

  • O que o mundo diz sobre o busto de Cristiano Ronaldo

    Desporto

    O Aeroporto Cristiano Ronaldo foi inaugurado esta quarta-feira. A notícia foi dada pelos meios de comunicação de todo o mundo, que não deixaram passar o busto do jogador português, apresentado pelo próprio. A estátua foi amplamente comentada e analisada, com palavras como "terrível", "duvidoso" e "bizarro".

    Ana Rute Carvalho

  • Mulher detida ao tentar atropelar polícias junto ao Capitólio, em Washington

    Mundo

    Agentes da polícia abriram fogo contra uma mulher (e não um homem, ao contrário do que inicialmente se disse) que conduzia um carro perto do Capitólio e tentava atropelá-los, segundo o Departamento da Polícia Metropolitana de Washington. A mulher foi detida mas a polícia garante que não se tratou de um ato terrorista.

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.