sicnot

Perfil

Desporto

Novos testes de doping podem afastar "dezenas de atletas" dos Jogos Olímpicos

O presidente do Comité Olímpico Internacional alerta que "dezenas de atletas" podem ser afastados dos próximos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, por doping, após a realização de novos testes às amostras realizadas nos jogos anteriores.

reuters

Thomas Bach, presidente do Comité Olímpico Internacional, escreveu hoje no jornal francês Le Monde que o organismo decidiu reexaminar as amostras recolhidas nos Jogos Olímpicos de Pequim e de Londres, 2008 e 2012, respetivamente, "usando os métodos científicos mais recentes".

"Esta ação decisiva vai provavelmente afastar dezenas de atletas, por doping, dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016", escreveu Bach, num artigo de opinião publicado no Le Monde.

Na terça-feira, o Comité Olímpico Internacional (COI) anunciou que 31 atletas, de seis modalidades, estão em risco de falhar o Rio2016, no Brasil, depois dos resultados positivos por doping verificados na reanálise de amostras de Pequim2008.

Os 31 casos, de 12 nacionalidades, resultaram da reanálise de 454 amostras dos Jogos Olímpicos de Pequim, efetuadas na sequência da série de escândalos de dopagem que abalaram o desporto internacional.

"[A reanálise] centrou-se em atletas que potencialmente estariam no Rio2016 e foi conduzida com o recurso aos últimos métodos científicos de análise. Como resultado, 31 desportistas, de seis modalidades, podem ser impedidos de competir nos Jogos Olímpicos do Rio. O comité executivo do COI acordou hoje, por unanimidade, desencadear de imediato os processos, com os comités olímpicos nacionais a serem informados nos próximos dias", pode ler-se na nota publicada na tera-feira na página daquela entidade olímpica.

No comunicado, o COI assegura ainda que todos os atletas que comprovadamente infringiram as regras antidoping serão banidos de competir no Rio2016, que vão decorrer entre 05 e 21 de agosto.

"A luta para proteger os desportistas limpos não parará aqui, já que o resultado da reanálise de 250 amostras dos Jogos Olímpicos de Londres2012 será conhecido em breve. O objetivo é impedir qualquer batoteiro de competir nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro", acrescenta o texto.

O COI informou ainda que vai estender o espetro de análise a todos os medalhados de Pequim2008 e Londres2012, assim como a todos os atletas que podem 'herdar' medalhas da desclassificação de infratores.

"Guardamos as amostras durante dez anos, para que os batoteiros saibam que nunca podem descansar", lembrou o presidente da entidade, Thomas Bach.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.