sicnot

Perfil

Desporto

Polícia de Nápoles deteve dez pessoas suspeitas de viciação de resultados no futebol

A Polícia de Nápoles deteve hoje dez pessoas ligadas a um grupo mafioso denominado 'Vanella Grassi' que, de acordo com as investigações, alteraram o resultado de jogos da segunda divisão italiana de futebol.

© Max Rossi / Reuters

Os dez detidos foram sujeitos a medidas cautelares por suspeitas de terem influenciado os resultados dos jogos Modena-Avellino e Avellino-Reggina, confirmaram as autoridades.

A investigação intercetou conversas telefónicas entre membros do grupo, os quais falavam em "comer três almôndegas", naquilo que seria uma associação ao resultado entre o Avellino e o Reggina (3-0).

Entre os investigados estarão os futebolistas Armando Izzo, do Génova e recentemente convocado pelo selecionador Antonio Conte, e Francesco Millesi, do Avellino, mas a nenhum destes foram aplicadas medidas cautelares.

Lusa

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07