sicnot

Perfil

Desporto

Cristiano Ronaldo teve que ser assistido e abandonou treino do Real Madrid

O futebolista português Cristiano Ronaldo foi forçado a abandonar mais cedo o treino de hoje do Real Madrid, depois de sofrer um toque na coxa esquerda, numa sessão de treino aberta.

O internacional luso, três vezes Bola de Ouro, teve que receber assistência fora do relvado, depois de um choque na disputa de bola com Dani Carvajal e o guarda-redes Kiko Casilla, e teve que deixar o treino.

O jogador, que falhou alguns jogos do Real Madrid no final da época, devido a lesão, saiu com uma expressão aborrecida, num treino que decorreu depois de hoje de manhã Zidane ter afirmado que o português estava preparado e apto para a final da Liga dos Campeões, no sábado, com o Atlético de Madrid.

"Não haverá problema. Ele [Cristiano Ronaldo] sentiu algo e não jogou por precaução. Estará preparado para sábado e penso que em boa forma física", disse Zidane antes do treino, no dia aberto à imprensa.

No sábado o Real Madrid defronta em San Siro, Milão, o Atlético Madrid na final da Liga dos Campeões (19:45 de Lisboa), num jogo em que os 'merengues' procuram conquistar o 11.º título europeu da sua história.

Lusa

  • Primo de Sócrates já foi notificado
    1:48
  • Santana Lopes espera mais diálogo com António Costa
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes espera que o primeiro-ministro dialogue mais com o novo líder do PSD do que o que tem dialogado com Passos Coelho. O candidato à liderança dos social-democratas criticou ainda Rui Rio por ainda não se ter mostrado disponível para um debate.

  • Rui Rio defende o diálogo com todos os partidos
    0:37

    País

    Rui Rio defende o diálogo com todos os partidos com assento parlamentar e não apenas com o Governo. As declarações do candidato à liderança do PSD surgiram em resposta a António Costa que, em entrevista, disse que acredita que a relação com os social-democratas vai melhorar com a nova liderança.

  • Morreu o jornalista Pedro Rolo Duarte

    País

    Morreu Pedro Rolo Duarte. O jornalista tinha 53 anos e não resistiu a um cancro. Pedro Rolo Duarte estava internado nos cuidados paliativos do Hospital da Luz, em Lisboa. Trabalhou em imprensa, na rádio e na televisão.