sicnot

Perfil

Desporto

Cristiano Ronaldo teve que ser assistido e abandonou treino do Real Madrid

O futebolista português Cristiano Ronaldo foi forçado a abandonar mais cedo o treino de hoje do Real Madrid, depois de sofrer um toque na coxa esquerda, numa sessão de treino aberta.

O internacional luso, três vezes Bola de Ouro, teve que receber assistência fora do relvado, depois de um choque na disputa de bola com Dani Carvajal e o guarda-redes Kiko Casilla, e teve que deixar o treino.

O jogador, que falhou alguns jogos do Real Madrid no final da época, devido a lesão, saiu com uma expressão aborrecida, num treino que decorreu depois de hoje de manhã Zidane ter afirmado que o português estava preparado e apto para a final da Liga dos Campeões, no sábado, com o Atlético de Madrid.

"Não haverá problema. Ele [Cristiano Ronaldo] sentiu algo e não jogou por precaução. Estará preparado para sábado e penso que em boa forma física", disse Zidane antes do treino, no dia aberto à imprensa.

No sábado o Real Madrid defronta em San Siro, Milão, o Atlético Madrid na final da Liga dos Campeões (19:45 de Lisboa), num jogo em que os 'merengues' procuram conquistar o 11.º título europeu da sua história.

Lusa

  • Os momentos que marcaram o 7.º dia de Mundial
    1:08
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Os momentos descontraídos dos jogadores
    1:54
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O humor russo
    1:32
  • Schulz responde a Trump: "é um especialista em estatísticas criminais"

    Mundo

    "Donald Trump é um especialista em estatísticas criminais: pagamentos a estrelas porno, contactos ilegais com russos e diretores de campanha presos". Foi assim que o deputado alemão Martin Schulz respondeu ao Presidente norte-americano, depois de este ter afirmado várias vezes que a criminalidade na Alemanha aumentou devido à imigração.

    SIC

  • "Vou pedir a alguém que dê esta notícia por mim". Jornalista emociona-se com o caso dos bebés mexicanos separados das famílias
    0:49