sicnot

Perfil

Desporto

Cristiano Ronaldo treinou sem limitações a três dias da final da Champions

O futebolista internacional português Cristiano Ronaldo, que na terça-feira sofreu um toque na coxa esquerda, treinou hoje com a equipa do Real Madrid, mostrando estar apto.

Na terça-feira, o jogador foi forçado a abandonar mais cedo o treino, depois de sofrer um toque na coxa esquerda, numa sessão de treino aberta, que o obrigou a receber assistência fora do relvado.

Hoje, o Real Madrid mostrou fotografias de Cristiano Ronaldo em trabalho normal com a equipa dos 'merengues' e sem qualquer proteção especial ao nível da coxa, tendo o jogador afirmado já na terça-feira que estava tudo bem.

"Estou bem. Tive um pequeno problema no treino, tive uma contusão, mas amanhã [hoje] ou no dia a seguir estarei bem", tinha justificado o futebolista.

Cristiano Ronaldo, melhor marcador de toda a história da Liga dos Campeões (93 golos) e da atual edição, com 16 golos, tem no sábado, na final frente ao Atlético Madrid, a possibilidade de igualar o seu recorde numa época, de 17 golos (em 2013/14), ou até batê-lo.

O Real Madrid defronta no sábado, em San Siro, Milão, o Atlético Madrid, numa reedição da final de 2014, disputada em Lisboa e então ganha pelos 'merengues'. Na atual edição, a final será arbitrada pelo inglês Mark Clattenburg.

Lusa

  • Vídeo mostra passagem da carrinha a alta velocidade nas Ramblas
    0:33

    Ataque em Barcelona

    O jornal espanhol El Pais divulgou hoje  as primeiras imagens da carrinha que matou 13 pessoas e feriu mais de 100 em Barcelona. O vídeo foi registado por  uma câmara de videovigilância de um museu nas Ramblas. Mostra pessoas a desviarem antes da passagem rápida da carrinha branca. Esta terá sido a parte final do percurso feito pelo veículo.

  • Castelo Branco aposta na cultura para preservar raízes e fomentar turismo
    5:26

    SIC 25 Anos

    Com perto de 200 mil habitantes, o distrito de Castelo Branco luta para criar projetos diferenciadores para atrair e ancorar a população. O desemprego tem vindo a baixar, numa região fortemente envelhecida. A capital do distrito aposta na cultura para preservar as raízes e fomentar o turismo, e a Universidade da Beira Interior tem cada vez mais alunos estrangeiros.