sicnot

Perfil

Desporto

Falcao diz que regressar ao Mónaco e jogar é a melhor opção

O futebolista internacional colombiano Radamel Falcao disse hoje que regressar ao Mónaco, de Leonardo Jardim, depois de ter estado no Chelsea, é a melhor opção para jogar e regressar à seleção da Colômbia.

© Reuters Staff / Reuters

"Em princípio pensamos no regresso ao Mónaco. Está quase tudo definido para o meu regresso. É a melhor opção para ter alguma continuidade e jogar", disse o antigo avançado do FC Porto no seu canal no youtube.

Falcao, cuja carreira tem tido problemas físicos depois de se ter lesionado com gravidade antes do Mundial2014, poucas vezes foi opção no Chelsea, não jogando mais do que 12 jogos pelos 'blues', pelos quais marcou um golo.

"O desafio é jogar todos os jogos, fazer golos em todos os jogos, sentir-me bem em campo e adquirir ritmo", salientou o futebolista, que, antes do Chelsea, esteve emprestado também pelos monegascos ao Manchester United.

O Mónaco, treinado pelo português Leonardo Jardim e que conta no plantel com Fábio Coentrão, Ricardo Carvalho, João Moutinho, Bernardo Silva, Ivan Cavaleiro e Hélder Costa, deverá iniciar os trabalhos da época a 23 de junho.

Falcao, 30 anos, não estará antes na Copa América, para a qual não foi convocado, e em relação aos Jogos Olímpicos ainda não sabe o que acontecerá.

"Seria muito bonito participar, mas é muito cedo para saber. A segunda metade do ano é muito importante, o Mónaco joga a qualificação para a 'Champions' e é o início da pré-época", concluiu o jogador.

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.