sicnot

Perfil

Desporto

Rossi considera que acidente de Salom pode ter sido causado por uma avaria

O italiano Valentino Rossi (Yamaha) admitiu hoje a possibilidade de o acidente que vitimou Luis Salom ter sido causado por uma avaria na moto pilotada pelo espanhol nos treinos livres do Grande Prémio da Catalunha.

© Heino Kalis / Reuters

"Apesar de não haver imagens, um amigo meu viu o acidente e contou-me como foi. Disse-me que o Salom saiu em frente contra as barreiras e depois colidiu com a moto", detalhou em declarações recolhidas pelo diário desportivo espanhol Marca, que salienta que o trágico acidente aconteceu junto ao Clube de Fãs do italiano.

O nove vezes campeão mundial de motociclismo considerou que a saída de pista de Salom foi "muito estranha".

"Provavelmente, sofreu uma avaria na moto, caso contrário não se entende", defendeu.

O espanhol Luis Salom morreu hoje, aos 24 anos, em consequência de um acidente sofrido nos treinos livres do Grande Prémio da Catalunha de Moto2, informou hoje em comunicado o organizador da sétima prova do Mundial de motociclismo de velocidade.

A sessão, na qual participou o piloto português Miguel Oliveira, que obteve o 10.º tempo combinado nos dois treinos, foi suspensa a 24 minutos do fim, depois do acidente de Salom, que foi assistido pelos médicos presentes no circuito, tendo sido também acionado o helicóptero.

"Devido à gravidade do seu estado clínico, foi decidido transportar Salom de ambulância para o Hospital Central da Catalunha. Foi operado de imediato, mas, não obstante todos os esforços realizados pela equipa médica, morreu às 16:55 locais", pode ler-se no comunicado.

Salom, que pilotava uma Kalex, estreou-se no Mundial de motociclismo de velocidade em 2009, na categoria de 125cc, tendo como melhor resultado no campeonato de Moto3 o segundo lugar obtido em 2012.

Lusa

  • Costa reafirma que entendimentos com BE e PCP são positivos
    0:34
  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57