sicnot

Perfil

Desporto

FIFA suspende proibição imposta aos clubes de recorrerem a investidores

A FIFA suspendeu hoje a proibição que aplicou ao clube belga FC Seraing de contratar novos futebolistas nas próximas quatro janelas de transferências, por ter recorrido a investidores na aquisição de jogadores.

© Ruben Sprich / Reuters

O FC Seraing tinha contestado a decisão através de um recurso para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), sedeado na Suíça.

Esta decisão da FIFA não decorreu de uma imposição do TAS e significa que os clubes podem voltar a recorrer à 'ferramenta' dos investidores em direitos económicos dos jogadores no mercado de transferências.

Muitos clubes, sobretudo de países mais pequenos, com menor capacidade financeira, alegam que o recurso a investidores permite ter equipas mais competitivas, reduzindo o 'fosso' que as separa das equipas dos clubes mais ricos, ao ter acesso a jogadores, através das receitas provenientes desses investidores, que não teriam capacidade, em condições normais, de contratar.

A proibição imposta pela FIFA foi levantada até que o TAS dê o seu veredito sobre o caso do clube belga FC Seraing, sendo expetável que venha a ser conhecido durante o verão.

O TAS já tinha tomado uma decisão favorável à Doyen Sports no caso Marco Rojo no litígio com o Sporting, rejeitando as alegações do clube português, que negociou o futebolista argentino para o Manchester United sem pagar a percentagem dos direitos económicos que aquele fundo de investimento detinha no respetivo passe.

O organismo máximo do futebol mundial tinha proibido a participação de investidores em direitos económicos dos jogadores a partir de 01 de maio de 2015, decidindo que os contratos assinados antes de 31 de dezembro de 2014 teriam a validade de sua duração e os acordos firmados entre 01 de janeiro e 30 de abril de 2015 só poderiam ter um ano de duração.

Na prática, a nova regra protegia os investimentos já feitos, restringia os acordos celebrados entre janeiro e abril e proibia esse tipo de negócio a partir de maio.

Lusa

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura ao Governo

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC

  • A cadela que desistiu da CIA para ir "perseguir esquilos e coelhos"

    Mundo

    Nem todos os cães têm aptidão para combater o crime. Este é o caso de Lulu, uma cadela que estava a treinar para ser agente da CIA, mas que acabou por entrar na reforma ainda durante os treinos. Através do Twitter, a agência norte-americana anunciou na semana passada que Lulu já não iria treinar mais e que tinha sido adotada pelo agente que a treinava.

    SIC

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC