sicnot

Perfil

Desporto

João Teixeira é o primeiro reforço do FC Porto para 2016/17

O futebolista português João Teixeira, que nos últimos cinco anos representou o Liverpool, assinou hoje um contrato de quatro anos com o FC Porto, válido até 2020, anunciou hoje o clube no seu sítio na internet.

© Reuters Staff / Reuters

"Estou muito feliz. É um sonho para mim jogar neste grande clube. Ambicionava vestir esta camisola, porque fui habituado a ver o FC Porto ganhar ao longo dos anos. Espero que tudo corra bem e quero dar o meu melhor", disse o médio português de 23 anos, que aponta como objetivo "ganhar sempre".

João Teixeira quer conquistar ao serviço do FC Porto "títulos nacionais e, se possível, internacionais".

O primeiro reforço do FC Porto para a época 2016/17, cuja formação começou no Sporting de Braga e terminou no Sporting, ambiciona ser titular do FC Porto: "Quando se vem para cá, sabe-se à partida que o plantel será forte e competitivo, mas vou dar o melhor para poder jogar".

João Teixeira, que já teve oportunidade de falar com o novo treinador, Nuno Espírito Santo, admitiu que se sente "mais confortável" a jogar na posição '10', mas garante que nunca será problema se tiver de jogar a '8' ou mais descaído para a faixa esquerda, até porque já jogou nessas posições no passado

"Caracterizo-me por ser um jogador bom tecnicamente, com boa visão de jogo e boa capacidade de passe", acrescentou João Carlos, que prometeu aos adeptos do FC Porto "muito trabalho e dedicação para que as coisas corram pelo melhor".

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.